23
Fev 09

O maior destaque foi sem dúvida a vilã Flora vivida por Patrícia Pillar que fez sucesso até na internet com versões hilárias do hit "Beijinho Doce".

 

 

 

 

 

 

 

A outra protagonista, Donatela vivida por Claudia Raia, também se destacou ao ponto de provar que Claudia não tem talento só para as personagens cómicas, encarnando desta vez uma mocinha que não se fez de coitadinha e também teve seus pecados.

Murilo Benício e os veteranos Ary Fontoura, Lília Cabral, Jackson Antunes, Suzana Faini, Milton Gonçalves, Mauro Mendonça e o casal Glória e Tarcísio mais uma vez deram um show de interpretação.

Com Halley, Cauã Reymond deu provas do seu talento em papéis dramáticos e não apenas nas personagens bad boy.

Iran Malfitano, o Orlandinho, iria fazer apenas uma pequena participação na novela, mas a sua personagem foi tão acarinhada e fez tanto sucesso que ela acabou ficando até ao fim.

Aqueles que serão sempre lembrados (além dos que estão acima):

  • Emanuelle Araújo (Manu) - a garota de programa confirmou o talento na cantora também na representação.
  • Gisele Fróes (Lorena) - passou a ser conhecida também na televisão com uma personagem que soube aproveitar.
  • Miguel Rômulo (Shiva) - inesquecível nas suas cenas dramáticas ao lado de José Mayer e Claudia Raia.
  • Genézio de Barros (Pedro) - brilhante interpretação do actor que até incutiu tiques na personagem.

Aqueles que não brilharam:

  • Ângela Vieira (Arlete) - practicamente não teve história, foi apenas "a secretária".
  • Taís Araújo (Alícia) - depois de Preta e Ellen nas outras novelas de Carneiro, Taís merecia uma personagem com mais destaque.
  • Chico Diaz (Átila) - poco aconteceu de relevante com este personagem.
  • Rosi Campos (Tuca) - outra personagem que não teve uma história para lembrar.
  • José Mayer (Augusto) - apesar do esforço do actor, o personagem não se adaptou a ele.
  • Christine Fernandes (Rita) - a actriz merecia mais destaque, coisa que não lhe têm dado na Globo.

As revelações:

  • Leonardo Medeiros (Elias)
  • Fabrício Boliveira (Didu)
  • Alexandre Nero (Vanderlei)

Depois há aqueles que sempre ficam bem, Mariana Ximenes, Deborah Secco, Paula Burlamaqui, Malvino Salvador, Cláudia Ohana, Elizângela, Helena Ranaldi e Giulia Gam.

Há uma personagem que eu não gostei: o Cassiano. Personagem chatíssimo, meloso e repetitivo.

Houveram várias críticas a Carmo Dalla Vecchia (Zé Bob) que diziam que era uma personagem demasiado importante para um actor que fez tão poucas novelas, também que ser o par romântico de Claudia Raia era muita areia para o seu camião e que o casal não tinha química. Eu não acho.


11
Out 08

Os assuntos mais comentados são a interpretação de Jackson Antunes, a personagem de Malvino Salvador e sem dúvida o papel de José Mayer nesta novela, que começou por ser incompreendido pelo público mas agora está a ser muito elogiado. Comentários retirados do blog de Patrícia Kogut, do Jornal O Globo.

Nome: elvira akchourin do nascimento
Acho que essa "coisa oculta" do Damião é ele esconhecer o nome do pai e não ter boa relação com a mãe, Arlete. Damião parece sofrer do problema de Don Juan, que temia se relacionar profundamente com as parceiras. Certamente, ele sofre por trair o amigo, o prefeito Elias, porque não é mau-caráter

Nome: Angelo Salvatore Petrocelli
Pior que trair a confiança do melhor amigo(aliás, não vejo problema algum nisto) é o prefeito Elias não sacar mudança no comportamento da mulher que tem evitado ele constantemente. Francamente, tem marido que é cego...... 

Apelido: Eomundogira
Bom, segundo o severo código penal da novelisão, a pena pra quem assassinar figurante é mais branda do que pra quem assassinar coadjuvante ou protagonista...
Mas a Patrícia conseguiu imprimir uma frieza à Flora, que o mal para ela é banal: parece despida de sentimentos, falsa, frígida, ôca: até a beleza carismática da atriz parece que se anulou com a vileza da personagem, dá vontade de enxotar de perto. O bacana é que as maldades de Flora nunca dão 100% certo, são frustrantes, aí fica engraçado. Mas logo, logo, só haverá três pessoas enganadas por ela: Gonçalo, Irene e Lara - porque tem mais gente sabendo a bisca que ela é do que quem não sabe

Nome: Flávio Michelazzo
Quando revelou-se a assassina, João Emanuel Carneiro disse: "Flora é esquizofrênica, mas NÃO vai se tornar uma serial killer. Quem viver, verá". Estamos vendo, mesmo. A próxima vítima dela pode ser o telespectador. Flora Pereira da Silva se tornou, sem querer querendo, a maior assassina da teledramaturgia brasileira. Só está perdendo para o Adalberto de "A Próxima Vítima", mas tudo é uma questão de tempo, balas, facas, espadas, granadas, etc.

Nome: Davidson de Oliveira Azevedo
Ontem "A favorita" apresentou um capítulo óptimo. resultado refletiu na audiência. Lilia Cabral, Jackson Antunes e o ator mirim roubaram a cena.

Apelido: UrubuHexa
JACKSON !!! Esse é O ACTOR !!! Se chegou a apanhar é pq realmente faz bem o papel. Esse cara nunca erra ! Um gigante da dramaturgia ! PARABENS AO Jackson e a todo elenco !

Apelido: dcsouza
E EU QUERIA TANTO Q ELE TIVESSE JEITO, AFINAL , SABEMOS Q EXISTEM PESSOAS DO MAL, MAS A VIDA JÁ É TÃO DURA, Q GOSTARIA DE SONHAR UM POUCO, IMAGINAR Q PESSOAS MUDAM NO SOFRIMENTO, GOSTARIA DE VÊ-LO SOFRER, APANHAR DA VIDA E ASSIM DAR VALOR , APRENDER A AMAR... É ISSO Q FALTA NELE APRENDER NA DOR , O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA...
Nome: Manuela Andrade
Ninguem muda assim de uma hora pra outra. Eu tinha certeza que o cara só estava usando a Catarina pra ela limpar a casa dele...Vamos e convenhamos, ela é uma execelente faxineira. Tadinha da Catarina! Espero que dessa vez ela aprenda e deixe esse infeliz e vá viver a vida dela. Fui...

Nome: elvira akchourin do nascimento
Concordo com a avaliação de José Mayer. Acho que tanto ele quanto o autor demoraram a inserir o personagem na trama. O público estranhou ao ver o ator num papel longe dos costumeiros. Algumas de suas cenas com Donatela são líricas. Foi bonito ver a "dobradinha" na música "Beijinho".

Nome: wallace rosemberg
o personagem de jose mayer esta optimo,tem muitas pessoas iguais a ele no mundo,isso so prova que ele e um excelente actor,que pode fazer um sedutor ate um maluco.parabens para ele

Apelido: malraca
ACHO ESSE PAPEL DELE DE DOIDO, ESPETACULAR, O CARA SEMPRE ERA O "PEGADOR" NAS NOVELAS, E TODOS FALAVAM A MESMA COISA, AGORA MUDOU E AS PESSOAS CONTINUAM CRITICANDO. ACHO ESSE PERSONAGEM, ENGRAÇADO, LEVE E DIFERENTE, ADORO!!!

Assistam ao vídeo em que Jackson fala da sua personagem!


03
Out 08

O "Augusto César" faz hoje 59 anos! Parabéns Zé Mayer! Nos próximos capítulos, Augusto e Donatela beijam-se!

 

Site Oficial:

Ao contrário do eremita Augusto César, José Mayer não é nada radical. Mas, apesar de não ser simpático ao exagero do personagem, o actor se identifica com o gosto pela música e se interessa pela ufologia, embora ainda não acredite em vida extraterrestre. Se tivesse que abdicar de algo para seguir um novo estilo de vida, como fez Augusto César, Mayer confessa que abandonaria o excesso de informação do mundo moderno com facilidade, mas jamais desistiria da profissão, que, segundo ele, alimenta a sua vida. Confira na entrevista abaixo curiosidades sobre o actor e como ele analisa o personagem que ganhou fama de maluco.

Quais foram os maiores desafios para a interpretação e o que você está achando de fazer um personagem tão exótico?
O personagem aparece moderadamente na trama, mas marca presença. Acho o Augusto César maluco. E ele é diferente do que eu costumo viver na televisão. Costumo fazer homens fortes, articulados, donos de si. E aqui eu faço esse lelé sequelado (risos). A televisão sempre é difícil. É uma arte de muita rapidez, uma invenção artística que nasceu industrialmente e tem um alcance imenso. Sempre me custa muito, mas não tenho nenhuma dificuldade especial. Me dedico com muito esforço e espero que esteja funcionando bem. Mergulhar na cachoeira, por exemplo, foi bom. Ela não estava tão fria. O Augusto César é meio maluco, né... está sempre me dando trabalho. O autor me coloca em situações complicadas: eu fujo de mulheres, caio de árvores, me jogo em rios gelados, me flagelo como um muçulmano arrependido (risos). O que mais ele vai me aprontar? Mas eu me divirto, estou achando bem interessante. Está sendo gostoso.

Como você observa o radicalismo de Augusto César?
Desistir de uma carreira artística para mim é inexplicável. Há um radicalismo no Augusto César com o qual eu não simpatizo. Eu não gosto de radicalismo. Acho que no mundo de hoje, que se refaz a cada dia, os comportamentos e a tecnologia mudam muito rapidamente. A gente tem que ser bastante eclético e não radical. O Augusto é ortodoxo no seu exagero, embora às vezes ele mostre momentos de fragilidade. Na verdade ele não é tão convicto de suas ideias naturalistas, pois às vezes ele tem crises e contraria toda essa ortodoxia.

Do que você abriria mão com mais facilidade e o que teria mais dificuldade de largar, para seguir um estilo de vida como o do personagem?
Eu não conseguiria nunca abrir mão da minha profissão, como fez o Augusto César. É uma coisa que regula a minha vida. Eu jamais poderia desistir do meu ofício de actor, que é algo que me alimenta. A profissão é a escolha mais importante que fazemos na vida, é a nossa nutrição espiritual e interior. É o que será mais fiel a nós a vida inteira, seguindo conosco para sempre. E se ela for fonte de prazer e realização, se a sua escolha for feliz e honesta, você terá chances de reencontrar sempre na profissão o seu ponto de equilíbrio. Além da comida industrializada, eu abriria mão do excesso de informação. É difícil deixar de usar a internet, que é uma ferramenta essencial hoje em dia. Mas eu uso o e-mail de uma forma bem controlada. É difícil suportar tamanha carga.
O que você pensa sobre a ufologia? Você acredita em discos voadores de verdade?
Ainda não acredito em discos voadores. Fui a alguns encontros de ufólogos e percebi que são pessoas muito sérias, positivas e interessantes, que têm uma esperança grande de que a vida inteligente também exista fora da terra. Em geral, muita gente que está à procura do auto-conhecimento acaba passando pelo estudo dos Ufos. Acho que conhecemos pouco sobre esse assunto, pois não há a mínima documentação a respeito. Gosto de pensar na idéia de que existe vida inteligente fora da terra. Sempre tive muita curiosidade sobre esse assunto, mas continuo descrente - mesmo após o personagem - e a espera de que meus olhos vejam algumas coisas, porque já ouvi relatos de gente série, inclusive de colegas de elenco que não posso citar. As pessoas têm medo de se expor ao ridículo. Há um preconceito.

A paixão pela música é só coisa do personagem ou você também arranha algum instrumento na vida real?

Gosto muito de música. Para um actor, a música é muito importante, pois é possível desenvolver a sensibilidade através dela, técnica que muitos atores utilizam na preparação do personagem. Às vezes uma música sugere e inspira algo. Eu fiz o musical “Um Boêmio no Céu” há pouco tempo, em que eu cantava e dublava um violão. A música sempre fez parte da minha formação. Estudei piano durante cinco anos, canto e arranho no violão. Mas eu sou um músico eclético e amador. Gosto da MPB e a música clássica é a que mais me inspira no trabalho. Também adoro blues e rock. Aliás, eu sou dessa geração, né... A minha vivência pessoal e particular é com Rolling Stones, Beatles, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Led Zeppelin e Pink Floyd. Essa é uma afinidade que eu tenho com o Augusto César, embora ele tenha desistido da música.

Você acha que o Augusto César vai mudar e se tornar menos radical na trama?
O João Emanuel é um autor tão surpreendente que tudo pode acontecer. Eu não sei se um homem que chegou a esse nível de radicalismo consegue se recompor. Ter caído nos braços da Maíra é um aspecto mais saudável e positivo (risos). Porque mulher é uma salvação. Quando o homem não sabe o que fazer e tem uma mulher ao lado, ele tem alguma chance. As mulheres são, muitas vezes, um guia para os homens.

publicado por Tititi às 18:24

Músicas


pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O elenco
Enquete
Resultado da 1ª enquete: Quem está falando a verdade? Donatela 66% | Flora 34% | 228 votos Resultado da 2ª enquete: Halley ama Lara de verdade? Sim 50% | Não 22% | Nem ele sabe 28% | 208 votos Resultados da 3ª enquete: Com quem Cassiano deve ficar? Alícia 40% | Lara 38% | Céu 27% | 244 votos Resultados da 4ª enquete: Qual dos vilões deve morrer? Flora 51% | Os três 21% | Dodi 18% | Silveirinha 10% | 312 votos Resultados da 5ª enquete: Catarina fica com... Vanderlei 43% | Stela 41% | Sozinha 15% | Leo 1% | 130 votos
Links



That's So Raven Blogando! Assece Já!
blogs SAPO