08
Fev 09

“A Favorita”: Dedina morre ao lado de Elias e DamiãoDedina não vai resistir a uma miocardite (inflamação numa parte do coração).

Acometida por uma doença fatal, Dedina (Helena Ranaldi) convence Elias (Leonardo Medeiros) a chamar Damião (Malvino Salvador) para uma conversa. Quando o professor de capoeira chega à casa do prefeito, ela pede que os dois se aproximem da cama e diz que foi a responsável por estragar a amizade deles.

Ofegante, Dedina afirma que é sua última chance de dizer que é a única culpada pela briga entre os dois. Ela pede para eles se perdoarem, porque não gostaria de morrer e deixá-los como inimigos. Emocionados, Elias e Damião percebem que Dedina não está mais respirando.

publicado por Tititi às 14:41

28
Jan 09

 

[tt_519_favorita_dedina.jpg]Após ter sido expulsa de casa pelo marido e desprezada por Damião (Malvino Salvador), Dedina (Helena Ranaldi) ficará cada vez mais descontrolada em A Favorita, da Globo. A colunista de TV Patrícia Kogut adianta em seu blog que a ex-mulher do prefeito de Triunfo tentará matar Greice (Roberta Gualda).

A irmã de Céu (Deborah Secco) será atacada pela professora enquanto toma banho no rio. Dedina tentará afogá-la. Greice será salva pelo noivo, Damião.

Porém, Elias (Leonardo Medeiros), ao ver Dedina vagando pelas ruas de Triunfo e perceber que ela está doente, vai dar abrigo à ex-mulher. Ele decidirá levá-la para casa, mas, envergonhado, pedirá à empregada que não conte a ninguém que Dedina está hospedada lá.

publicado por Tititi às 16:29

19
Jan 09

Foi com uma sonora gargalhada que Jackson Antunes recebeu a notícia de que Leo, seu cruel personagem em “A favorita”, vai levar a fama de broxa em Triunfo. O apelido pega depois que o mau-caráter tenta estuprar Dedina (Helena Ranaldi). Como ele fracassa na tentativa, a ex-mulher de Elias (Leonardo Medeiros), que a essa altura também vai estar separada de Damião (Malvino Salvador), espalha para a cidade que Leo é impotente.

— Não poderia existir castigo melhor para ele. Leo é machista, preconceituoso e ficar com a fama de broxa pela cidade é a pior coisa do mundo para ele — avalia Jackson, sobre a notícia publicada ontem no blog da colunista Patrícia Kogut, no site do “Globo”.

Jackson diz que as pessoas nas ruas já estavam cobrando uma punição mais severa para o vilão:

— Catarina (Lília Cabral) já está tratando Leo como lixo, até um tapa na cara ela deu nele. Mas as pessoas querem mais porque as atitudes dele são imperdoáveis.

Cenas dramáticas

Já Helena Ranaldi diz que ficou chocada com a trama e afirma que Dedina merece, sim, sofrer ainda mais um pouquinho.

— Tento não me envolver, mas acabo ficando triste com essas coisas que acontecem a Dedina, não tem jeito. Mas ela errou, não teve cuidado com o homem que estava com ela e merece ser castigada — comenta Helena.

Os dois actores só esperam, agora, pela roteirização da sequência das cenas, que não deve ser fácil. Nada, no entanto, que preocupe a dupla.

— Adoro cenas fortes, dramáticas. Gosto de fazer e de assistir. É claro que há preocupações mais técnicas porque não podemos nos machucar, temos que realizar com a maior verdade e emoção, mas mesmo assim é uma delícia fazer. Estou ansiosa — conta Helena.


24
Dez 08

Nas cenas que devem ser exibidas no dia 25/12, é Natal em A Favorita e no mundo claro! E a ceia dos personagens promete!

Título da MatériaDamiãoDamião aceita Romildo
Para começar, Romildo recebe um indulto de Natal e fica feliz ao sair da penitenciária ao lado de Arlete, Alícia e Didu.

Os quatro seguem para a casa de Greice e Damião, que são surpreendidos com a visita inesperada enquanto preparam a ceia. Mas o operário expulsa o pai de sua casa:

“É muito abuso! Como é que você tem coragem de pisar na minha casa?! Você sabe que não é bem-vindo! Quer me obrigar a ser grosseiro? Quer ser destratado? É isso?”, ele diz, furioso.

Só que Greice, com jeitinho, acaba convencendo o namorado a aceitar a presença do pai, para a emoção de Romildo:

“Só quero ficar olhando... Nossos filhos todos juntos, me aceitando de volta... Você e eu, novamente reunidos... Quero ficar quieto só contemplando e sentindo esse momento...”, ele confidencia, com os olhos marejados, a Arlete.

Título da MatériaTítulo da MatériaStela ceia com a família de Copola
Perto dali, na garagem de Copola, este incentiva Iolanda a participar do Natal com toda a família, mas ela está triste e amarga. Logo depois, no entanto, o espírito natalino sensibiliza Iolanda. Ela volta atrás e resolve participar da festa com a família e ainda chega com uma bandeja cheia de rabanadas! E, neste ano, a festa dos Copola conta com uma visita especial. É Setla! Feliz, ela agradece Copola por tê-la convidado para a ceia de Natal.

Título da MatériaEliasElias recebe Dedina
Elias, Diva, Augusto e Shiva se reúnem para passar o Natal juntos. Mas quando avista Dedina, triste e destruída, arrastando sua sacolinha, Diva se comove.

“Só hoje, Elias. Só esta noite”, ele pede. Elias não diz nem que sim, nem que não e, com os olhares cúmplices de Augusto e Shiva, ela decide trazer Dedina. Durante a ceia, sempre meio aérea, Dedina come vorazmente sob os olhares assustados e penalizados dos demais.

Diva tenta levantar o astral, mas a ex-primeira dama acaba tendo um acesso de loucura e desmaia.

Título da MatériaTítulo da MatériaHalley festeja com Donatela!
Lara e Cassiano bem que tentam levar Irene para passar o Natal em Triunfo. Mas, sob o efeito de calmantes, Irene prefere ficar em casa:

“Eu não estou em condições de sair, meu filho, ainda mais depois de tudo o que eu ouvi hoje”, ela diz, muito abalada, referindo-se à notícia de falência da empresa americana. Lara, então decide fazer companhia à avó e conta com o apoio de Cassiano, que passa a noite com a duas.

Já Halley e Cilene chegam para festejar com Donatela, Zé Bob, Tuca e Camila. Donatela, surpresa, fica muito emocionada com a presença do filho. “Vamos deixar o passado pra trás, que hoje o que importa é que nós estamos aqui, todos juntos! E essa ceia, sai ou não sai?”, ela diz, muito emocionada, logo depois de receber um presente do rapaz: uma foto dele, criança, se formando na primeira comunhão.

Agora que já sabemos como os nossos Favoritos vão comemorar o Natal, só me resta desejar a todos os leitores um FELIZ NATAL!Árvore do Ibirapuera 2008 por MarceloJose.

Aqui deixo a iluminação do Parque do Ibirapuera em São Paulo onde já aconteceram várias cenas da novela!


23
Dez 08

Quem diria! Após ser humilhada em praça pública e expulsa da casa do amante, a ex-primeira-dama vai perder o prumo e ficar vagando pelas ruas de Triunfo.

Nem mesmo Helena Ranaldi, a intérprete de Dedina, imaginava essa punição para a personagem. “Eu não queria que fosse desse jeito. Não imaginava que a personagem ia mudar tanto assim”, ela revela.

Helena, no entanto, diz que desafios como esse são bons para uma atriz: “É sempre um desafio fazer um personagem que é muito diferente de você. Sou muito diferente da Dedina, mas aprendi muito com ela”.

Arrastada pelo marido
A cena em que Dedina é arrastada por Elias na praça comoveu a actriz. “Fiquei muito emocionada quando li, porque não esperava isso. É claro que ela merecia as consequências do seu erro, mas não sei se merecia ser tão humilhada desse jeito”.

Torcer pela personagem está mais difícil
Quando Dedina errou pela primeira vez e implorou perdão ao marido, Helena Ranaldi conta que torcia para que a primeira-dama ficasse com Elias e terminasse com ele. Mas agora que ela errou pela segunda vez... “A situação dela está mais difícil, mas não acho que mereça ter um castigo tão cruel. É claro que quando você erra duas vezes envolvendo outra pessoa, merece realmente sofrer as conseqüências por isso, ainda mais porque tem outra pessoa envolvida que você está magoando”, ela explica.

Futuro será vagar pelas ruas
A atriz conta que, após ser expulsa da casa de Damião, Dedina vai ficar totalmente perdida. “Bem, a gente já começou a gravar ela vagando pelas ruas. Acredito que ela esteja procurando entender tudo o que aconteceu e o porquê de tudo isso.  A vida dela mudará muito: de primeira-dama para as ruas. Sei que o fim dela não vai ser bom, mas não sei exatamente como vai ser. Acho que ela vai ter um fim muito triste”.

Fiquei chocada com a cena de ontem em que o Elias a arrastou pela rua e toda a gente ficou a olhar para ela com as de desprezo! Não percam a continuação desta história hoje!

publicado por Tititi às 13:18

06
Dez 08

O capítulo de A Favorita exibido nesta quinta-feira 5 de Dezembro, mostrou umas das cenas mais fortes e chocantes dos últimos dias e bateu recorde de audiência. A novela de João Emanuel Carneiro registrou média de 47 pontos no Ibope com 66% de share.
Dedina, personagem de Helena Ranaldi, foi humilhada no meio da Praça de Triunfo. A mulher do prefeito Elias (Leoanardo Medeiros) só faltou ser apedrejada. Após descobrir mais uma traição da mulher com Damião (Malvino Salvador), Elias não se conteve e deu um tapa na cara de Dedina. O momento mais chocante da cena envolvendo o casal foi quando o prefeito expulsou Dedina de casa, jogando-a no chão, fazendo com que ela andasse de joelhos até o meio da praça. Os moradores de Triunfo observavam Dedina estirada, humilhada e ferida, enquanto Elias jogava toda sua roupa no chão. A cena rendeu o pico da novela, 50 pontos.
Nas comunidades de relacionamento que falam da novela, as opiniões dos internautas se divergem. Alguns acham que a surra foi merecida, outros acham que Greice é quem deveria ter batido em Dedina e outros defendem que Damião é quem deveria ter apanhado.
As emoções não se resumiram a essa cena. A trama acabou com o grande encontro de Gonçalo e Donatela.

E ontem viram o valente estalo que a Flora deu no Silveirinha? Foi mesmo espectacular! Fica aqui a repetição.


06
Nov 08

Em A Favorita, o prefeito Elias (Leonardo Medeiros) finalmente vai flagrar Dedina (Helena Ranaldi) e Damião (Malvino Salvador) juntos, segundo o jornal O Globo.
Elias, que já foi traído uma vez, surpreendentemente irá perdoar Dedina.

Ele não vai ficar inimigo de Damião. Mas a atracção de Dedina e Damião é tão forte, que os dois voltarão a ficar juntos e brevemente Elias vai ter uma briga feia com Damião que pode ficar paraplégico!

Renato Rocha/Rede GloboOntem esqueci-me de postar um texto que tinha da Donatela quando salva Halley do acidente, mas isso já deu ontem, por isso não vela a pena postar agora, fica aqui o vídeo da mãe a cuidar do filho!


04
Out 08

A voz baixa e o comportamento contido de Helena Ranaldi estão sempre refletidos em seus personagens. Mesmo os mais sensuais, como a determinada veterinária Cíntia, de Laços de Família, seu primeiro papel de destaque na TV. Com gestos delicados e modos de quem foi educada no exterior, a paulistana de 41 anos consegue permanecer elegante até mesmo com uma personagem que está irracionalmente dominada pelo desejo.

Na pele da fogosa Dedina, a primeira-dama da pequena e fictícia Triunfo, de A Favorita, Helena saboreia pela primeira vez um papel que causa uma revoltante inquietação no público. Sempre escalada para mulheres sofisticadas e confiáveis - como a Raquel de Mulheres Apaixonadas, que está sendo reprisada - , na trama de João Emanuel Carneiro, Helena se delicia com os gestos safados e cada vez mais ousados da mulher do prefeito Elias, de Leonardo Medeiros.

Como não bastasse trair o marido com seu amigo Damião, de Malvino Salvador, ela chega a transar no próprio gabinete da prefeitura.

"Ela só age por impulso. Quando começou a se interessar por ele, fez de tudo para concretizar o desejo com o marido, mas ele estava sempre trabalhando. Então ela não resistiu", justifica Helena, delineando um sorriso.

Desde Mulheres Apaixonadas, que está sendo reprisada, você não vivia uma personagem de tanto destaque na TV. Suas participações em Páginas da Vida e Senhora do Destino não chamaram atenção. Por quê?
Se o ator não tiver a sorte de ter personagens que tenham conflito, nada acontece. Em Páginas estava no núcleo principal, gravava todos os dias, aparecia em várias cenas, mas a Márcia não tinha história. O Manoel Carlos não desenvolveu uma trama para ela. Para mim, como actriz, ficou um buraco. Hoje, por exemplo, gravei apenas uma cena e foi um prazer absoluto porque minha personagem movimenta uma história. O destaque dos personagens é ter um conflito e despertar uma curiosidade no público. Precisa provocar uma reação, boa ou má. Já fiz papéis maravilhosos com o Maneco. Mas nem sempre trabalhamos com prazer.

O prazer é o que movimenta a sua personagem Dedina, que trai o marido Elias com o Damião. Que características você trabalhou no papel para viver esse triângulo? Já havia assistido a diversos filmes que tratam desse tema. Sempre é uma situação delicada. Principalmente no caso de uma mulher que não quer viver aquilo. Eu a construí pelo desejo, que monitora a personagem. Ele é mais forte do que ela. Essa atração física, de pele, manda nela. Não sei o que pode acontecer, se ela vai se apaixonar, amar esse cara. Sei que ela também tem um amor muito grande pelo marido. Ela está traindo o Elias, mas sofre, se sente culpada. Não é uma relação confortável para ela. Mas o desejo faz com que ela tome essas atitudes e ela passa por cima da moral.

Como você avalia a personagem? No início estava previsto para ela também ser uma mulher bem ambiciosa.
Imaginei que a ambição dela seria bem maior. Se fosse assim, ela não estaria tendo um caso com um homem bronco que mora num barraco. Também não aceitaria morar numa casa sem empregados. Nada é muito problemático para ela. É uma mulher que veio de São Paulo, estudou, é formada, mas não tem uma ambição fora do normal, além dos padrões. A única coisa que foge ao seu controle é a atração pelo Damião. Mas ela só começou a ceder ao que ela sente pelo Damião quando o marido não ficava com ela.

Isso ameniza a traição da personagem?
Não que ameniza. Se eu for analisar o comportamento dela, acho que ela deveria compartilhar o que está acontecendo com o marido. Mas ela não revela por medo. No início, ela rejeitou o Damião de todas as formas, quis se afastar dele, mas a atração foi mais forte. O Damião tem características diferentes do Elias, que é um cara sensato, mais calmo, ponderado. O Damião acaba ficando com ela em todos os lugares, em casa, no gabinete, ele vai pelo impulso, não pela razão. Mas ela vai ainda mais pelo impulso. Tem cenas que ele até pede para ela parar e ir embora, mas ela não admite, o desejo é maior que tudo.

Como tem sido a reação do público?
Tenho andado muito pouco nas ruas. Mas gravei semana passada no Retiro dos Artistas e várias senhoras e senhores vieram falar comigo: "você não pode fazer isso com seu marido!". (risos) Outro dia, o Thiago Rodrigues (que vive o Cassiano na história) falou: "ah, não gosto de mulheres como a Dedina". As pessoas ficam revoltadas. Não pela traição em si, mas por ela não falar, porque o marido é muito bacana. Eles têm uma relação legal. Não é um cara que merecia ser traído. O pior é que várias pessoas começam a saber e a falar mal dela na história. Mas não acho que ela faça isso por maldade.

Por que você nunca viveu uma vilã na TV?
Porque ainda não me deram. Eu adoraria. O que estou achando bacana com a Dedina é que, pela primeira vez, as pessoas estão me criticando. Sempre me elogiavam porque vivia constantemente personagens carismáticos, bonzinhos, de bom-caráter, mulheres meigas. Todo mundo falava: "ah, gosto tanto de você" e "você é tão doce". Agora gostaria de ter o outro lado também. Queria que me reprovassem.

Além de boazinhas, você sempre fez papéis muito urbanos na TV. Esse perfil ainda a estimula?
Sinto falta de fazer uma brejeira com pé no chão. A minha primeira personagem na TV era assim, a Stefânia (de A História de Ana Raio e Zé Trovão). Não sei porque, mas acho que as pessoas acreditam que eu sou sofisticada. Mesmo a Dedina, que é mais simples, é a primeira-dama da cidade.

A que você atribui isso?
Na TV somos estereotipados pelo biotipo, pela forma que você fala, como se comporta. Tem gente que tem sotaque e não adianta fazer um personagem urbano. É bom quando quebram com isso. Gostaria que me colocassem no mato para lavar roupa, acho que falta o risco na escalação da TV, propor outras coisas.

Mas na minissérie Um Só Coração você viveu uma judia mais velha e sofrida, a Lídia...
Foi a única personagem diferente. O (diretor Carlos) Manga e a (autora) Maria Adelaide (Amaral) resolveram quebrar essa coisa glamourosa que enxergam em mim. Interpretei a mãe da personagem da Débora Falabella. O cabelo do papel me envelhecia, ela era uma mulher com roupa pesada. Isso quebrou um pouco o glamour que me acompanha. Achei bacana.

Muitas actrizes sonham com personagens glamourosas. Isso realmente incomoda você?
Não, mas também é interessante trabalhar com outras coisas. Todo mundo fala que cabelo comprido é a moldura da mulher. Lutei muito para que topassem que eu cortasse o cabelo bem curtinho para viver a Raquel (em Mulheres Apaixonadas). Ela é uma professora de natação, de Educação Física, uma mulher prática. Para um ator, essas mudanças são muito importantes. Talvez o público nem perceba muito, mas para mim é importante buscar uma cara para a personagem. Ser sempre glamourosa também não é legal. É interessante destruir essa imagem.

Você concorda que o Maneco foi quem criou essa imagem em você, desde que você viveu a Cíntia em Laços de Família, uma veterinária charmosa do Leblon?
Meus melhores papéis foram em tramas do Maneco. A Cíntia, a Lúcia Helena (de Presença de Anita) e a Raquel foram meus trabalhos mais marcantes. Mas nem sempre a gente trabalha com prazer. Despertar uma reação boa ou má no público depende do que o autor escreve para você. Mas tive muita sorte na vida desde o meu primeiro teste para ser actriz, com o Antunes Filho. Entrei para o grupo dele logo de cara. Depois, fiz teste na Manchete e fui fazer Ana Raio e Zé Trovão. Depois, o Paulo Ubiratan me viu e me chamou para a Globo. As coisas foram fáceis para mim, as portas foram se abrindo, mesmo sem experiência.

Sem pedras no caminho
No final da adolescência, Helena Ranaldi foi uma modelo atípica. Descoberta por acaso através de um fotógrafo amigo da família, a actriz fez um ensaio amador que foi encaminhado para uma agência de modelos. Mesmo gordinha e com o rosto cheio de espinhas, a adolescente começou a ser chamada para diversos trabalhos publicitários.

"Eu adorava comer. Não tinha cabeça de modelo. Gostava mais de fazer comerciais do que posar para modelo. Foi quando fui fazer curso de Teatro com o Antunes Filho", lembra.

Como fazia diversos comerciais por mês, Helena começou a se sustentar e foi morar sozinha. Logo depois, passou num teste para sua primeira novela na Manchete, A História de Ana Raio e Zé Trovão, em 1990. Na seqüência, atuou em Amazônia, um dos fracassos da teledramaturgia da emissora.

Em seguida, foi convidada para fazer tramas na Globo, como Despedida de Solteiro e Olho no Olho. Em seguida, a direção da emissora a chamou para apresentar o Fantástico ao lado de Pedro Bial.

"Não aceitei de imediato. Mas percebi que poderia ser bom para minha carreira. Mas morria de vergonha. Preciso sempre de um personagem como escudo para me proteger", argumenta.

Estreia tardia
Apesar de comemorar 18 anos de carreira e 15 trabalhos na TV, Helena Ranaldi nunca havia pisado num set de cinema até o final do ano passado.

Um dos maiores desejos da actriz era poder atuar numa produção para a telona. Mas os anos foram se passando e ela quase chegou a desistir de ser convidada. Tanto que quando recebeu o telefonema do diretor André Sturm para protagonizar o longa Bodas de Papel, que estreou este ano, Helena mal acreditou.

"Não estou no meio do cinema, por isso nunca era chamada. Agora espero não parar mais. Estreei como protagonista, há tempos não comemorava tanto um convite", anima-se a actriz, que também se orgulha do longa ter sido eleito o Melhor Filme por júri popular no Festival de Cinema de Recife e ter sido convidado para o Festival de Cinema Brasileiro em Nova York.

publicado por Tititi às 20:37

02
Out 08

Finalmente chegou a hora do dos outros personagens em "A favorita"! Depois de dirigir o foco da trama para Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia), o autor João Emanuel Carneiro cumpre a promessa e começa a desenrolar outras tramas ligadas ou não às protagonistas.

Daqui a umas semanas, a novela começa com gás novo. O público verá o desespero de Cilene (Elizângela) ao flagrar Lara (Mariana Ximenes) e Halley (Cauã Reymond), a confirmação de que ele é o filho de Donatela e Marcelo (Flávio Tolezani) que Flora sequestrou. E mais: Augusto César (José Mayer) se envolvendo com Donatela e Dedina (Helena Ranaldi) caindo nos braços de Damião (Malvino Salvador) sem que Elias (Leonardo Medeiros) desconfie.

- Ninguém tinha certeza de que Halley era filho de Donatela e Marcelo e que ele tinha sido sequestrado por Flora. Mas nós desconfiávamos. Com a confirmação, resta saber quem é o verdadeiro pai de Lara porque do contrário seria incesto. Ele resolveu um suspense, mas ainda tem outro. A Cilene fica desesperada com o namoro deles - diz Elizângela.

Cilene fica tão desesperada que decide contar tudo à família de Lara durante um churrasco em que a loira apresentará Halley como seu namorado. Com medo que seu segredo venha tona, Flora decide copiar o passado e seqüestrar Halley novamente antes que ele chegue ao rancho. Com certeza é uma virada interessante para o Halley nesse momento - afirma Cauã Reymond.

De um lado um suspense policial, do outro o humor. Após ser perseguida, sequestrada e fugir dos ex-comparsas de Diva (Giulia Gam), Donatela vai parar no sítio de Augusto César. O encontro será divertidíssimo. Ela chega no momento em que um raio cai perto de seu corpo. É motivo suficiente para o maluco-beleza achar que a fugitiva é sua mulher Rosana. Ele desmaia ao vê-la e quando acorda tem certeza que está com o amor de sua vida, Donatela tenta explicar: - Eu não sou a Rosana. Vim apenas trazer um recado dela - diz a perua.

O doido responde: - Recado? Sei, você está falando em código, não é? Quando uma pessoa é abduzida e retorna, ela volta sem memória - justifica Augusto César.

- Shiva (Miguel Rômulo) percebe que ela é uma farsante, mas Donatela vai tomando conta da família. Obriga Augusto a fazer coisas que não fazia. Os dois juntos é um barato, e Shiva adora - conta Miguel. - Donatela com Augusto será engraçado.
Negócios ilícitos

Quanto a Diva saberemos mais dos negócios dela e como Romildo (Milton Gonçalves) está envolvido nisso. Essa história vai crescer muito - aposta Giulia Gam.

Enquanto isso, em Triunfo, a assanhada Dedina consegue se entregar a Damião, mas eles são flagrados por Greice (Roberta Gualda), que pede demissão do emprego. Elias fica sem entender nada e pede justamente para Damião descobrir o que houve com a empregada.


29
Set 08

Silveirinha encontra Dodi e os dois discutem. Dodi é expulso do hotel. Didu aproveita para humilhá-lo. Damião e Dedina se beijam. Catarina e Mariana conversam sobre o bebê. Leonardo reclama da comida de Catarina e vai até o restaurante de Stela. Catarina vai atrás. Stela expulsa Leonardo do restaurante. Dodi segue Flora, Zé Bob e Camila até o teatro. Dodi ameaça Flora e ordena que ela vá embora do teatro com ele. Flora diz a Zé Bob que Pedro passou mal e sai. Halley leva flores para Lara e ela não resiste aos carinhos dele. Flora promete a Dodi que irá viajar com ele. Camila fala para Zé Bob que gosta dele. Flora conta para Silveirinha que decidiu se livrar Dodi. Dodi entrega a Manu um envelope lacrado com um DVD e pede para ela guardar. Lara fica feliz por ter Pedro por perto novamente. Lobato decide se livrar de Donatela. Zé Bob avisa para Didu e Rita que está muito próximo de descobrir diversas falcatruas de Romildo. Rita pede que Zé Bob pare de perseguir Romildo. Diva descobre que Donatela foi levada por Lobato. Um grupo rival ataca Lobato e seus capangas. Donatela aproveita para fugir.


25
Ago 08

Dedina (Helena Ranaldi) e Damião (Malvino Salvador) vão trair Elias (Leonardo Medeiros)

Em uma trama com pouquíssimas pistas como A Favorita, o ator Leonardo Medeiros teve que se contentar com parcas informações para compor seu personagem. "Eu só soube que Pedro seria eleito prefeito e que depois seria abandonado pela mulher", adianta ele sobre o futuro do dentista, que nos próximos capítulos será traído por Dedina (Helena Ranaldi) e seu braço direito Damião (Malvino Salvador). Nas cenas, que vão ao ar no dia 29, Dedina e Damião se beijam, e, a partir daí, começam a tratar seus pares com frieza. "Eles consumam esse amor proibido, mas não sei como Elias vai reagir a isso. Ele é muito íntegro, muito apaixonado pela esposa, deve ficar sabendo da traição por outros, mas não creio que aceite isso passivamente", argumenta o ator que já se prepara para os comentários dos espectadores nas ruas.

Helena Ranaldi, Malvino Salvador e Leonardo Medeiros gravaram cenas da novela global A Favorita, neste sábado, no Rio de Janeiro. Os actores, que interpretam Dedina, Damião e Elias, respectivamente, contracenaram no Retiro dos Artistas.

Na trama de João Emanuel Carneiro, Dedina é uma professora casada com o prefeito de Triunfo, Elias, mas apaixonada por Damião. Tanto que ela tentará estragar o romance do rapaz com Greice (Roberta Gualda), dizendo que Mariana (Clarice Falcão) pode estar grávida dele.

Nas cenas gravadas no Rio de Janeiro, Damião e Elias tentam conversar com manifestantes que invadiram a prefeitura. O verdadeiro amor de Dedina consegue convencê-los a desocuparem o prédio, mas ela fica irritada pelo fato do marido não ter resolvido o problema sozinho.

Juliana Paes em cena pouco antes do atropelamento de Maíra

Juliana Paes estava tomada de forte emoção quando gravou, no domingo, dia 17, em São Paulo, as cenas do atropelamento de Maíra, sua personagem em "A favorita". No dia anterior, ela tinha estado no velório de sua avó, no Rio.

— A equipe foi de um carinho enorme comigo. Eu estava muito abalada ainda, todos me trataram com muito cuidado. Foi uma seqüência muito difícil de fazer, mas fiquei bastante feliz com o que foi exibido — afirma a actriz.

A cena da morte de Maíra, exibida ontem, também não foi das mais fáceis.

— Fiquei o tempo inteiro deitada, com um tubo na boca, foi desconfortável — diz Juliana, rindo.

Ela se despede de Maíra com o sentimento de missão cumprida. E agradecendo ao autor da história, João Emanuel Carneiro.

— Foi um presente. João não deixou passar despercebida a presença dela. Sou muito grata a ele e ao Ricardo (Waddington, diretor). Tanto pela Maíra quanto por eles terem me liberado para fazer a novela da Glória Perez, "Caminho das Índias" — finaliza a actriz.


13
Ago 08

Personagem de Helena Ranaldi em "A favorita", Dedina terá um caso com Damião (Malvino Salvador). Casada com o prefeito de Triunfo, Elias (Leonardo Medeiros), ela não vai resistir aos encantos do operário, que já começa a se insinuar para a primeira-dama. 

-- Num primeiro momento, ela vai rejeitar essa atracção, isso vai incomodá-la. Até onde sei, ela vai pedir ao marido para deixar de levar o Damião e a Greice (Roberta Gualda) até a casa deles, para que ela consiga se afastar e tentar esquecer essa atracção. Mas as pessoas não comandam os próprios desejos, ela vai resistir enquanto pode -- adianta Helena, de Nova York (a foto é de lá), onde está para divulgar o filme "Bodas de papel" no IV Cine Fest Petrobras Brasil na cidade.

Helena afirma que, como a sua personagem,  também tentaria resistir. E não trocaria a segurança de um homem como o certinho Elias por um caso com o solteiro e, aparentemente menos responsável, Damião.

-- Eu, Helena, não trocaria. Particularmente, gosto de ter ao meu lado um homem que me transmita segurança. Gosto dos mais certinhos. Mas o Damião tem aquele jeito de machão, é másculo, forte. Ela vai acabar sucumbindo, acho que muito por ele ser bem diferente do Elias -- revela a actriz.

Desconfiei disto desde que vi a cena em que o Damião apresentou a Céu para o Elias, o Shiva e a Dedina. Ela fez uma cara de quem tava com ciúmes!

Aproveito para divulgar um abaixo-assinado para que a novela passe mais cedo, assinem, porque quanto mais assinaturas melhor! http://www.abaixoassinado.org/webroot/abaixoassinados/989


Músicas


pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O elenco
Visitas
Enquete
Resultado da 1ª enquete: Quem está falando a verdade? Donatela 66% | Flora 34% | 228 votos Resultado da 2ª enquete: Halley ama Lara de verdade? Sim 50% | Não 22% | Nem ele sabe 28% | 208 votos Resultados da 3ª enquete: Com quem Cassiano deve ficar? Alícia 40% | Lara 38% | Céu 27% | 244 votos Resultados da 4ª enquete: Qual dos vilões deve morrer? Flora 51% | Os três 21% | Dodi 18% | Silveirinha 10% | 312 votos Resultados da 5ª enquete: Catarina fica com... Vanderlei 43% | Stela 41% | Sozinha 15% | Leo 1% | 130 votos
Links



That's So Raven Blogando! Assece Já!
subscrever feeds
blogs SAPO