23
Fev 09

O maior destaque foi sem dúvida a vilã Flora vivida por Patrícia Pillar que fez sucesso até na internet com versões hilárias do hit "Beijinho Doce".

 

 

 

 

 

 

 

A outra protagonista, Donatela vivida por Claudia Raia, também se destacou ao ponto de provar que Claudia não tem talento só para as personagens cómicas, encarnando desta vez uma mocinha que não se fez de coitadinha e também teve seus pecados.

Murilo Benício e os veteranos Ary Fontoura, Lília Cabral, Jackson Antunes, Suzana Faini, Milton Gonçalves, Mauro Mendonça e o casal Glória e Tarcísio mais uma vez deram um show de interpretação.

Com Halley, Cauã Reymond deu provas do seu talento em papéis dramáticos e não apenas nas personagens bad boy.

Iran Malfitano, o Orlandinho, iria fazer apenas uma pequena participação na novela, mas a sua personagem foi tão acarinhada e fez tanto sucesso que ela acabou ficando até ao fim.

Aqueles que serão sempre lembrados (além dos que estão acima):

  • Emanuelle Araújo (Manu) - a garota de programa confirmou o talento na cantora também na representação.
  • Gisele Fróes (Lorena) - passou a ser conhecida também na televisão com uma personagem que soube aproveitar.
  • Miguel Rômulo (Shiva) - inesquecível nas suas cenas dramáticas ao lado de José Mayer e Claudia Raia.
  • Genézio de Barros (Pedro) - brilhante interpretação do actor que até incutiu tiques na personagem.

Aqueles que não brilharam:

  • Ângela Vieira (Arlete) - practicamente não teve história, foi apenas "a secretária".
  • Taís Araújo (Alícia) - depois de Preta e Ellen nas outras novelas de Carneiro, Taís merecia uma personagem com mais destaque.
  • Chico Diaz (Átila) - poco aconteceu de relevante com este personagem.
  • Rosi Campos (Tuca) - outra personagem que não teve uma história para lembrar.
  • José Mayer (Augusto) - apesar do esforço do actor, o personagem não se adaptou a ele.
  • Christine Fernandes (Rita) - a actriz merecia mais destaque, coisa que não lhe têm dado na Globo.

As revelações:

  • Leonardo Medeiros (Elias)
  • Fabrício Boliveira (Didu)
  • Alexandre Nero (Vanderlei)

Depois há aqueles que sempre ficam bem, Mariana Ximenes, Deborah Secco, Paula Burlamaqui, Malvino Salvador, Cláudia Ohana, Elizângela, Helena Ranaldi e Giulia Gam.

Há uma personagem que eu não gostei: o Cassiano. Personagem chatíssimo, meloso e repetitivo.

Houveram várias críticas a Carmo Dalla Vecchia (Zé Bob) que diziam que era uma personagem demasiado importante para um actor que fez tão poucas novelas, também que ser o par romântico de Claudia Raia era muita areia para o seu camião e que o casal não tinha química. Eu não acho.


17
Jan 09

O último capítulo de A Favorita exibido ontem no Brasil conquistou 49 pontos de audiência com picos de 53, superior a Duas Caras que obteve 47, mas inferior ao record conseguido na última quinta-feira, capítulo do casamento de Donatela e Zé que conseguiu 52 pontos, a média mais alta alcançada.

João Emanuel Carneiro está muito chateado pelo facto do final ter sido revelado à uma semana atrás. Mesmo assim ele despistou a imprensa dizendo ter escrito outro final mas na verdade não escreveu.

Depois de O DIA divulgar com exclusividade na coluna Telenotícias os finais de A Favorita, há uma semana, a TV Globo iniciou uma série de procedimentos para tentar identificar quais pessoas poderiam ter repassado a informação ao jornal.

O pedido foi feito pelo próprio autor da novela, João Emanuel Carneiro, que, irritado, durante a semana anunciou que faria mudanças no último capítulo, o que não aconteceu. Irritado, João Emanuel chegou a fazer ameaças nesta sexta-feira em entrevista à publicação.

"Nunca mais na minha vida vou dar nenhuma notícia para o jornal 'O Dia' e vou tratar também para que a empresa (TV Globo) não mais se relacione com esse jornal por ter publicado isso", disse o novelista. No período de exibição de sua obra, Carneiro já havia se recusado a conceder entrevista ao jornal.

Desde o fim de semana, veículos de imprensa vêm noticiando o mal-estar dentro da emissora após a publicação do furo. Reportagem da revista Veja do último domingo sustentou que o autor ficou muito irritado com o vazamento de cenas importantes do último capítulo e decidiu fazer mudanças. Na sexta, o colunista Daniel Castro, da Folha de S. Paulo, escreveu que uma CPI foi instalada para apurar quem vazou a informação. Até mesmo uma publicação da Infoglobo, que pertence às Organizações Globo, descreveu como "caça às bruxas" a investigação.

A emissora se pronunciou apenas em texto da Central Globo de Comunicação. "Especulações e fantasias sobre o final de uma trama contribuem para sua divulgação. A TV Globo, assim como qualquer empresa séria, reage a eventuais atitudes desleais."

Antecipar finais de tramas é objecto de cobiça da imprensa. E há autores que até defendem a divulgação para criar mais expectativa. "A imprensa sempre contribui, jamais destrói. O facto de vazar já acontece há anos. Os autores sempre ficam preocupados, mas isso sempre vai acontecer e o público nunca deixará de acompanhar. Desperta ainda mais o interesse", aposta o actor Jackson Antunes, o Léo de A Favorita.

Mesmo sem defender a idéia, alguns autores acreditam que isso não atrapalha em nada o sucesso do último capítulo. "De modo geral, a divulgação antecipada não prejudica a audiência. Não basta apenas saber o que vai acontecer, o público quer saber como os factos vão se desenrolar", opina Ricardo Linhares, autor de Paraíso Tropical ao lado de Gilberto Braga.

"É evidente que saírem na imprensa momentos da trama ajuda na divulgação", admite Benedito Ruy Barbosa, que evita divulgação dos capítulos finais. "Os autores se queixam sempre", analisa o autor Benedito Ruy Barbosa. "Em 'Pantanal' (exibida em 1990 na extinta TV Manchete e reprisada recentemente no SBT), a (também extinta) revista 'Manchete' publicou o final e eu fiquei louco da vida. Então mudei algumas coisas", lembra ele.

Ficam aqui umas fotos da festa que os actores fizeram para assitir ao último capítulo. Amanhã posto as reacções deles.
Roberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto Teixeira

Quanto aos rumores de gravidez de Claudia por causa das cenas em que esta apareceu mais gordinha na zona do abdómen, ela diz que teve que ficar mais gordinha e disse mais uma vez que por enquanto não vai aumentar a família, primeiro vai descançar. Mas a barriguinha dos últimos capítulos parecia mesmo de grávida, prestem atenção nas cenas dela.Marcos Faber

A média dos últimos 30 capítulos de “A Favorita” foi de 44 pontos contra 11 da segunda colocada. Mas, apesar da reviravolta, a audiência final da trama, após os seus 197 capítulos exibidos, ficou abalada. Segundo dados consolidados do relatório do Ibope a história chega ao fim com 39,6 pontos de média na Grande São Paulo. É a terceira pior média do horário, só fica a frente de Esperança e Suave Veneno, que respectivamente marcaram 38 pontos.


14
Dez 08

Ontem o Brasil todo acompanhou um capítulo electrizante de A Favorita, de uma qualidade comparável aos melhores filmes de terror, drama e suspense do exterior.
Uma seqüência que somente poderia ter sido criada por um autor genial como João Emanuel Carneiro, o maior talento da nova geração e que provou merecer ocupar o seleto espaço de autores de novela das “oito”, o coringa da programação global.
Muito se fala sobre a Globo ser muito rígida e dificilmente abrir espaço para novos nomes, entretanto, somente neste ano, vimos o surgimento de Andrea Maltarolli com a deliciosa Beleza Pura, e, agora, a consagração de Carneiro, vindo de sucessos como Da Cor do Pecado e Cobras e Lagartos.
O que se observa, na verdade, é o que eu disse: muito se fala. Existe um ex co-autor e roteirista da Rede Globo que vive dizendo isso, por exemplo. Deu sorte em um outro canal, e, no auge de sua prepotência, acreditou que seu “fenômeno” de novela bateria de frente com A Favorita, trama que apelidou carinhosamente de A Rejeitada. Mas ele não contava com a astúcia de um homem que nem era o Chapolin Colorado.
Ele e outros mais decretaram o fim da trama logo que foi revelado o nome da assassina, pois acreditaram que assim acabaria o suspense e o interesse do público, e, claro, a criatividade do autor. Não foi o que ocorreu. A genialidade de Carneiro deu espaço a todos os núcleos do folhetim, e não somente ao policial, como ocorria antes, trouxe novas histórias e temáticas e fez que, além da dupla Claudia Raia e Patrícia Pillar, Lilia Cabral brilhasse mais uma vez. Três atrizes que desempenharam tão bem seus papéis que dificultam a escolha de melhor atriz do ano.
Também trouxe um elenco fenomemal de monstros sagrados que proporcionaram interpretações de babar. Glória Menezes, Suzana Faini, Tarcício Meira, Mauro Mendonça, Ary Fontoura, Genésio de Barros e Milton Gonçalves. Esse pessoal mostrou o que é atuar de verdade.
E, nos últimos capítulos, especialmente Mauro Mendonça. Apenas com uso de expressões faciais mostrou todo o pavor de Gonçalo ao descobrir a verdade sobre Flora e também o ódio ao desmascará-la em um capítulo tão redondo quanto o de ontem. Gonçalo morreu, mas, antes, lavou sua alma, disse tudo o que a vilã precisava ouvir, e, o melhor de tudo, fazendo uso do mesmo deboche com o qual ela lidou com a família Fontini todo esse tempo. E, agora, antes de ser desmascarada, a vilã loira ainda irá aprontar muito neste último mês de A Favorita que promete ferver.
O engraçado é alguns críticos dizendo que Flora e Donatela deixaram de ser dúbias. Vocês não assistem a novela? Ontem, inclusive, mesmo sendo a vilã, Flora continuava jogando como a boazinha da história, e, Donatela, segue como sempre fez: se fazendo de coitada e culpando Flora. Ou seja, não tivesse Carneiro revelado a assassina logo no início, ainda hoje a dúvida pairava no ar, pois todos seríamos Irenes.
Agora, Endrigo, o que você quis dizer lá em cima ao comentar que certo autor não teve uma grande oportunidade na Globo? Quis dizer tudo, afinal de contas, a Globo teve todos os motivos do mundo para não dá-la a uma pessoa que escreve uma porcaria de novela como Os Mutantes e ainda se acha o rei da cocada preta.
O mais engraçado? Essa mesma pessoa que dizia que iria ter a primeira novela a desbancar a novela das oito da Globo, no auge dos 24 pontos, hoje briga com colunista em seu blog. Patrícia Kogut disse em sua coluna que ele dá dez e ele retruca dizendo que dá 12 pontos de audiência. De qualquer forma, 12, é metade de 24, e, enquanto ele vê sua trama agonizando em público, A Favorita segue dando mais de 45. Mesmo não sendo a maior audiência da história da TV, oferece algo superior, que é uma história de verdade e não um troço sem pé nem cabeça, o que faz total sentido, afinal, na novela do outro tem até a mula.
Enfim, parabéns João Emanuel Carneiro, mais uma vez. Um autor de verdade.

 

Por Endrigo Annyston
www.cenaaberta.tv

Eheh toma lá Tiago Santiago! Ele achava que aquela porcaria dos Mutantes ia incomodar A Favorita. Se incomodou foi só mesmo na estreia, porque de alguns meses para cá nem se ouve falar em tal bizarrice que é aquela novela horrível que eu nem aguentei assitir durante 10 minutos. Coisa mais estapafúrdia nunca vi, eu tinha vergonha de escrever uma novela assim. Ele que olhe e aprenda como é que se escreve uma novela como A Favorita. Sou da mesma opinião deste colunista, A Favorita é a melhor novela que eu já vi só tenho pena de estar a pouco mais de um mês do fim... Está mesmo difícil de escolher entre essas 3 maravilhosas actrizes que nos vêm presenteando com representações nota 20 nesta novela!


10
Dez 08

Que a Flora merece um castigo bem dado, todo mundo sabe. A vilã pintou e bordou em A Favorita.

No início, ela tinha aquele jeitinho bonzinho que enganou muita gente, mas, com o passar do tempo, as máscaras foram caindo e Flora se revelou um ser maquiavélico de primeira.

Maltratou, humilhou, roubou, chantageou, matou... A lista de maldades da loura não tem fim. Se ela fosse receber um castigo que equivalesse as suas ruindades, o inferno seria pouco.

Será que existe um castigo ideal para a Flora? Aquele que a fizesse sentir e pagar por todo mal que a megera causou?

O elenco da novela já sabe! Confira abaixo a opinião dos famosos!

DonatelaCláudia Raia
“Acho que ela tem que sofrer muito, mas não morrer. A morte é uma redenção e não temos certeza se ela vai mesmo para o inferno. Então, acho que ela tem que receber um bom castigo aqui mesmo. E o maior castigo ela vai receber da Donatela.”

Título da MatériaPatricia Pillar
“Não consigo imaginar um castigo que esteja à altura das maldades que a Flora faz. Mas tenho certeza de que o autor vai pensar em uma surpresa muito boa.”

Cauã Reymond
“Existe um castigo ideal para a Flora? Nada do que ela receber vai ser suficiente. Na minha opinião, não existe um castigo ideal.”

Shiva LêninMiguel Rômulo
“Eu acho que a Flora deveria ser presa, sofrer na cadeia, nas mãos da Zezé, para ela ver como é bom! Ela também podia ficar feia, careca e barriguda (risos). Mas, que ela tinha que permanecer na cadeia, isso ela tinha! Morrer, para ela, é pouco. Ela tinha que sentir na pele tudo de mal que fez para os outros.”

CamilaHanna Romanazzi
“A Flora tinha que pegar prisão perpétua. Ficar na cadeia para sempre e deixar todo mundo em paz. Na prisão ela vai se sentir sozinha e isso já basta!”

TucaRosi Campos
“A gente imagina vários finais para ela. Mas morrer talvez não seja o pior. Fico pensando em um isolamento total, algo que a fizesse sofrer muito. Porque, nesta circunstância, ela já vai estar mal mesmo. E tudo isso gera uma consequência, como doença, loucura e várias outras coisas.”

DivaGiulia Gam
“Eu largaria a Flora naquelas cordas que vão descendo de cabeça para baixo, as paredes se fechando, no escuro e, para completar, todo mundo assistindo lá embaixo dando muita gargalhada. Acho que o público ia amar ver a vilã passando este sufoco! (risos) Agora, morrer é muito pouco, nem a própria Donatela ia gostar!”

PedroGenézio de Barros
“Ela tinha que ficar cega e pobre. Ia ser a morte para a Flora ter que depender de todo mundo. Logo ela, que é tão auto-suficiente e cheia de si. A morte é muito pouco e fácil. Morre e acaba. E todo o resto? Todo mundo que ela fez sofrer? Como é que fica? Ela tem que sofrer mesmo!”

Hoje lembrei-me de pôr os resultados até hoje de uma enquete que pus num post sobre os apelidos que a Flora chama às personagens. A enquete continua lá, mas os votos a partir de agora não contam mais. Faz hoje precisamente 1 mês que postei a enquete e ela conseguiu 111 votos. O apelido preferido do público foi "velha sem vergonha" que Flora chama a Irene, com 21% dos votos!

  • Velha sem vergonha (Irene) - 21%
  • Vaquinha (Lara) - 14%
  • Purgante (Lara) - 12%
  • Velho babão (Gonçalo) - 10%
  • Donatelinha (Lara) - 10%
  • Pata-choca (Lara) - 9%
  • Pentelha (Lara) - 5%
  • Boboquinha (Lara) - 5%
  • Velho caquético (Copola) - 5%
  • Marginalzinho de quinta (Halley) - 5%
  • Mimadinha fofoqueira (Lara) - 4%


09
Out 08

Genézio de Barros diz que Pedro é vingador

Genézio de Barros bate o martelo e define com precisão sua missão em A Favorita: "Pedro é o vingador. É ele quem vai desmascarar Flora (Patrícia Pillar)", arrisca.

Enquanto na novela os personagens ainda não conhecem o lado assassino de Flora, os encontros e diálogos dos dois ficam a cada dia num tom maior de falsidade e cinismo.

"O povo está se deliciando com essas provocações. Esse jogo é do Pedro, da Flora e de todo o público junto", comemora Genézio, feliz com a calorosa recepção dos telespectadores em seu trabalho de maior repercussão.

Aos 56 anos, o actor não se cansa de ouvir nas ruas que na TV aparenta ser muito mais velho. "Para que eu pudesse ser pai da Patrícia e da Claudia (Raia), o Ricardo (Waddignton, director da trama) me pediu para fragilizar o personagem ao máximo. Então, faço uma voz de velho, os movimentos mais lentos, quebro a postura, uso óculos mais pesados", enumera o actor, que na vida real tem disposição de sobra e até aceitou bater uma bolinha para mostrar seu fôlego de menino.

"Sempre cuidei da minha saúde. Hoje, caminho uma hora por dia e tenho a musculatura bem firme. Evito comer carne vermelha e tomo bastante água para me revitalizar", diz.

Mesmo que "por acaso", Genézio é o responsável por inserir as mãos trêmulas nos trejeitos de Pedro. "Na primeira leitura da novela, ele dizia para a filha sumir, que não queria mais vê-la. Fui ficando nervoso, vendo aquela maneira de ele tratar a filha. Eu não sabia ainda que o nome da Patrícia era Flora, o mesmo da minha filha. E comecei a tremer. O Ricardo, que tem uma sensibilidade incrível, disse que essa tremida era óptima para o Pedro, como se ele tivesse sofrido um derrame cerebral", relembra Genézio.

Como a parte de composição de personagem é uma das preferidas do actor, Genézio procurou até um neurologista para saber seus limites. "Tinha que ser sensível e não podia me atrapalhar durante a novela. Hoje, tenho uns amigos que ficam me vigiando, para ver se eu não esqueço de tremer a mão", ri.

Nascido em Taquaritinga, São Paulo, Genézio é casado, pai de duas filhas e sempre ganhou a vida fazendo comerciais, institucionais e lecionando teatro. Fez 38 peças - ganhou três prêmios -; oito filmes - como Ação Entre Amigos, de Beto Brant -, e está em seu quarto trabalho na Globo (fez Mad Maria, Bang Bang e O Profeta, em papéis pequenos).

Mas só agora é reconhecido nas ruas. "Achei que a oportunidade de fazer TV não fosse bater à minha porta. Então, agarrei com pés e mãos. Tive que segurar com meu trabalho, porque se fosse por um rosto bonitinho não ia dar certo", brinca o "novato".

"Não tem idade para um actor admitir que está aprendendo. Às vezes a Patrícia me dá uns toques... Eu fico assistindo a Mari (Mariana Ximenes) actuar e fico encantado. A câmera gosta dela, como se a desenhasse", derrete-se.

publicado por Tititi às 18:07

Músicas


pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O elenco
Visitas
Enquete
Resultado da 1ª enquete: Quem está falando a verdade? Donatela 66% | Flora 34% | 228 votos Resultado da 2ª enquete: Halley ama Lara de verdade? Sim 50% | Não 22% | Nem ele sabe 28% | 208 votos Resultados da 3ª enquete: Com quem Cassiano deve ficar? Alícia 40% | Lara 38% | Céu 27% | 244 votos Resultados da 4ª enquete: Qual dos vilões deve morrer? Flora 51% | Os três 21% | Dodi 18% | Silveirinha 10% | 312 votos Resultados da 5ª enquete: Catarina fica com... Vanderlei 43% | Stela 41% | Sozinha 15% | Leo 1% | 130 votos
Links



That's So Raven Blogando! Assece Já!
blogs SAPO