22
Abr 09

A Favorita ficou com 3 nomeados de um total de 6 nas categorias mais importantes como Melhor Actor e Actriz e Melhor Actriz e Actriz Coadjuvantes! Isto é óptimo, quer dizer que dos 6 finalistas que o público escolheu, 3 são d'A Favorita. Também tem nomeados nas outras categorias, mas só 1 (também não tinha mais indicados, os que foram chegaram à final!). Com as setas estão os que eu acho + provável ganharem, não os que eu prefiro, atenção! Ora vejam:

Melhor Actriz, as mesmas 3 do Faustão:

  • Cláudia Raia - Donatela
  • Mariana Ximenes - Lara
  • Patrícia Pillar - Flora <-

Melhor Actriz Coadjuvante:

  • Deborah Secco - Céu
  • Glória Menezes - Irene
  • Lília Cabral - Catarina <-

Melhor Actor:

  • Carmo Dalla Vecchia - Zé Bob
  • Cauã Reymond - Halley/Mateus
  • Murilo Benício - Dodi <-

Melhor Actor Coadjuvante:

  • Ary Fontoura - Silveirinha
  • Iran Malfitano - Orlandinho
  • Jackson Antunes - Leo <-

Melhor Actor Revelação: Alexandre Nero - Vanderlei (Bento Ribeiro [Juca] e Jean Pierre Noher [Pepe] também estavam indicados)

Melhor Actriz Infantil: Hanna Romanazzi - Camila (única indicada da novela)

Melhor Actor Infantil: Eduardo Mello - Domênico (único indicado da novela)

Melhor Autor: João Emanuel CarneiroMelhor Director: Ricardo Waddington

Melhor Novela

A categoria Melhor Actriz Revelação é a única que não aparece, em que as indicadas eram Clarice Falcão (Mariana), Giovanna Ewbank (Sharon) e Docymar Moreira, a terrível Zezé.


21
Fev 09

Claudia Raia, a Donatela, Patrícia Pillar, a terrível Flora, Mariana Ximenes, Lara, Carmo Dalla Vecchia, o jornalista Zé Bob, Cauã Reymond, Halley, Iran Malfitano, o Orlandinho, Deborah Secco, Céu e Thiago Rodrigues, o Cassiano escolhem as suas cenas favoritas!


02
Fev 09

Os actores falam ao Video Show sobre o sucesso e também da tristeza que fica quando um trabalho tão bem sucedido como este chega ao fim.

Afinal ontem não deu episódio nenhum, deu foi pela 3ª vez o resumo de toda a história, só que agora com novos acontecimentos. E já está confirmado que até ao fim A Favorita passa a dar às 22:30! Agora não há desculpas para não acompanharem, até quem não cnhecia passou a aconhecer com o resumo de ontem!

Aqui ficam também os parabéns a Paula Burlamaqui, Stela, pelos seus 42 anos!


12
Jan 09

A Favorita termina esta semana no Brasil, mas já vai desenhando seus finais. E, enquanto o autor João Manoel Carneiro não coloca o The End na telinha, vários atores do elenco da trama global dão seus palpites a OFuxico sobre o final de seus personagens.
Os artistas ainda contam os seus projectos pessoais, após o término das gravações.

Lília Cabral: “Catarina merece ser muito, muito feliz. E, pelo que a gente vê, vai conseguir, com um belo amor, amando e sendo amada. Mas, não sei se é isso que a tornará, de fato, realizada. Catarina pode recuar. Acho que ela assume o papel de matriarca da família, todos passam a admirá-la e respeitá-la como mãezona, já que a mãe dela se retraiu”.

 

Patrícia Pillar: “Acho que não existe nenhum final à altura das maldades da Flora. O João vai me surpreender, certamente, novamente, com o final dela. Vou preparar o lançamento do documentário Waldick Sempre no Meu coração, que deve estrear entre março e abril. Até lá, estou de férias”.

Cláudia Raia: “Donatela tem que provar a inocência, reconstruir a vida com a filha, o namorado e ajudar na Fontini. Quem sabe ela também volte a cantar? Assim que terminar de gravar, viajo com a família para a China”.

Mariana Ximenes: “A Lara merece paz, porque passou a novela sendo enganada e correndo atrás da verdade. E essa paz ela deve encontrar nos braços do Halley, em harmonia com a avó e Donatela, no rancho. Vou descansar um pouco e viajar”.


Murilo Benício: “Dodi podia se dar bem, porque só deu com os burros n´água. Vou tiras férias, mas não sei para onde vou”.

Cauã Reymond: “Haley é um cara legal, deve casar com a Lara e levar a Cilene pra morar com eles. Vou dar um tempo no Rio, curtir a praia, até a Grazi (Massafera) ter uma folga para viajarmos juntos”.

Thiago Rodrigues: “Mais um trabalho bacana, com pessoas bacanas por perto. Engrandecedor! O final que o João determinar, está legal. Vou cuidar das minhas coisas, curtir a gravidez da minha namorada e esperar a chegada do nosso filho”.

Ary Fontoura: “Silveirinha também merece ser punido. Ele foi feito de gato e sapato pela Flora, mas foi muito ardiloso o tempo todo, desde o início, quando sequestrou o Mateus. Ele merece um fim que o faça refletir. Sozinho, talvez”. 

Elisângela: “Faltou amor na vida da Cilene, e acho que é isso que eu daria a ela. Ao longo da história, ela foi uma pessoa muito sozinha. Quero tirar um mês para viajar, ainda não sei pra onde, e depois retorno com a turnê da peça Monólogos da Vagina”.

Leonardo Medeiros: “Ele já dá sinais de que vai voltar a actuar, apenas como dentista. Eu torceria por uma nova paixão, já que a Dedina (Helena Ranaldi) morre e a Diva (Giulia Gan) gosta mesmo do outro. Ainda não sei ao certo o que farei, mas é certo que tirarei uns dias de descanso”.

Jackson Antunes: “Uma clínica de reabilitação, fazer trabalho voluntário, qualquer coisa que limpassse um pouco as atrocidades que ele fez, seria legal. Eu quero ficar no meu sítio, em Guapimirim, descansando”.

Cláudia Ohana: “Vou viajar com meu namorado. Vamos passar uns 20 dias numa praia”.

Gisele Fróes: “Estou adorando o destino que o autor está dando à Lorena. Ela está colhendo o que plantou. O casamento está amadurecendo, o marido se firmando e ela também, depois de tantos conflitos de sentimentos. Eles se descobrem muito bem casados. Quando encerrar o trabalho, passarei um tempo no sul da Bahia. Depois, começo os ensaios do musical da Broadway, Rock´n Roll. Estreio em Curitiba (PR) e depois trago para o Rio”.  

 

Deborah Secco: “Orlandinho (Iran Malfitano) podia assumir que é homem e completar a felicidade da Céu. Ela se redimiu, está feliz. O filho bem que podia ser dele. Vou descansar, quero dar uma parada, viajar, estudar”.

 


22
Dez 08

Os actores Deborah Secco e Iran Malfitano, da novela global A Favorita, desfilaram de carruagem na parada de Natal realizada na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, na noite deste sábado.

Cerca de 80 mil pessoas, segundo informações divulgadas pela Polícia Militar, estiveram na avenida acompanhando a Parada dos Sonhos, criada pela prefeitura local. O desfile contou a história do Natal e levou à avenida cerca de 70 personagens das histórias infantis.

Além dos atores globais, a Parada de Natal da capital catarinense contou com várias atrações. Bailarinas, integrantes de grupos de dança de rua, sapateado, patinação e até atletas olímpicas da seleção brasileira de ginástica ritmica, Luíza Matsuo e Nickolle Abreu.

Carros alegóricos trazendo um presépio gigante, uma casa de biscoito e o trenó do Papai Noel foram muito aplaudidos. Em meio aos carros, dezenas de gnomos, Papai Noéis, fadas, brinquedos e bonecos de neve mostraram danças coreografadas.

Déborah e Malfitano, que vivem Céu e Orlandinho na novela A Favorita, fecharam o desfile numa carruagem. Ela desfilava como Cinderela enquanto o actor representava o princípe da história. Eles acenaram e mandaram beijos e chegaram a descer da carruagem algumas vezes para saudar os fãs mais entusiasmados. "É um desfile mágico", disse a actriz.

A Parada dos Sonhos está em sua terceira edição e contou com a participação de mais de 300 artistas, além de outros 300 profissionais nos bastidores, entre cenógrafos, maquiadores, engenheiros e coreógrafos. A intenção é levar o cenário e os personagens das histórias infantis e natalinas paramuito próximo do público.Fabrício EscandiuziFabrício EscandiuziDeborah Secco e Iran Malfitano desfilam na Parada dos Sonhos, em Floripa

publicado por Tititi às 13:03

15
Dez 08

Deborah Secco e Taís Araújo no show da diva popO casal Zé Bob e Donatella trocando cochichos ao pé do ouvido durante o show de Madonna no Maracanã? Calma! Eles não fugiram da fictícia Triunfo e foram para o Rio de Janeiro assistir à Rainha do Pop. Trata-se apenas do flagra do bate-papo dos colegas de elenco em "A Favorita" Cláudia Raia e Carmo Dalla Vechia. Eles se encontraram no camarote da Renner para asssitir ao show de Madonna. Cláudia, musa do camarote neste domingo, 14, levou o marido, Edson Celulari, e o filho mais velho, Enzo, para o show. Cláudia e Carmo não eram, aliás, os únicos integrantes da novela das oito no Maracanã: o autor, João Emanuel Carneiro, e a actriz Deborah Secco, a Céu, também foram ver o espetáculo da turnê "Sticky & Sweet".

Ary Fontoura foi outro veterano que marcou presença e esbarrou com Enzo, filho mais velho de Cláudia Raia e Edson Celulari, de 11 anos, que não quis ficar em casa e foi assistir à apresentação da diva do pop, mostrando que Madonna é para todas as idades.

Lília Cabral preferiu não desgrudar do guarda-chuva e conferiu a apresentação bem sequinha. A atriz, aliás, aproveitou o encontro com Cláudia Raia para tietar a amiga, que também está no ar na novela A Favorita. Ao avistar Cláudia, a actriz começou a dar gritinhos:

“Você é minha favorita. Minha favorita!”, dizia a intérprete de Catarina, da mesma novela, ao que a atriz respondeu:

“Você que é minha favorita, meu amor”, falou Raia, sorridente.

Roberto TeixeiraCleomir TavaresJuliana Rezende/Globo.comJuliana Rezende/Globo.com


29
Nov 08

Deborah Secco quer Céu e Orladinho juntos

Deborah Secco quer que sua personagem na novela A Favorita, Maria do Céu, termine a trama com o homossexual Orlandinho (Iran Malfitano), conforme publicou Patrícia Kogut em seu blog.

"Torço muito pelo amor deles. Minha avó e minha irmã também. O público torce, fica até me dizendo que ele pode virar homem", disse ela.

"Se ela terminar com o Cassiano (Thiago Rodrigues) é mais genuíno, ela sempre o amou, mas a torcida pelo Orlandinho é maior. Eles podem se tornar grandes amigos e viver juntos assim, por que não?", completou.

A actriz disse também acreditar que o filho que sua personagem espera seja de Cassiano.

Segundo Deborah, Céu já está começando a se arrepender dos seus erros. "Já disse que a vida dela é muito suja. Sinto que as pessoas querem que ela encontre um caminho certo".

Iran Malfitano diz que Orladinho deve ser feliz com um rapaz

Iran Malfitano disse ao blog da colunista de TV Patrícia Kogut que quer seu personagem, o homossexual Orlandinho, fique com Cassiano (Thiago Rodrigues) no final da novela A Favorita.

Segundo ele, não há chances de seu personagem ficar com Halley (Cauã Reymond), já que o autor João Emanuel Carneiro "deve ter outros planos para o desfecho de Halley".

"Se ele ficasse com uma mulher no final, perderia a força. Então eu queria que ele se apaixonasse por outro personagem. Poderia bem ser o Cassiano", disse o actor.

Malfitano contou ainda que não esperava todo o sucesso de seu papel. "Quando João Emanuel me convidou para a novela, avisou que seria por pouco tempo. Fico muito feliz de ter ficado porque deu certo. Até eu me surpreendo com o que estou fazendo em cena. Nunca pensei que seria capaz de interpretar um personagem gay tão bem".

Nos próximos capítulos da novela, Orlandinho terá uma crise de ciúmes de Céu (Deborah Secco) e irá tirar satisfações com alguns rapazes que olharão para ela. No dia seguinte, entretanto, ele explica a mulher que continua o mesmo.

Os finais de Carmo Dalla Vecchia:

FLORA
Não pode morrer. Termina entrando na cadeia para cumprir mais 18 anos. Passa o tempo fazendo risquinhos na parede e pensando em Donatela.

DONATELA
É a mocinha da história. Tem final feliz com Zé Bob.

DODI (MURILO BENÍCIO)
Vai abrir o olho com a Flora. Nunca falei isso para ele porque tenho vergonha,mas sou fã do Murilo. Quando crescer quero ser igual a ele.

IRENE (GLÓRIA MENEZES)
Tem que se ferrar. Ficar sozinha e rica. Depois dos flashbacks, que mostra o quanto Donatela foi boa com a Lara, não justifi ca Irene ter problemas com ela desde o começo.

HALLEY (CAUÃ REYMOND)
Tem o DNA do Foguinho (personagem de Lázaro Ramos em ‘Cobras e Lagartos’). Ainda vai ter a virada de Halley e ele vai terminar melhor.

LARA (MARIANA XIMENES)
Acho sujeira ela beijar a boca e dizer que ama o Halley e ir ao
show do Cassiano
(Thiago Rodrigues). No fi m, fi ca com o Cassiano.

ROMILDO (MILTON GONÇALVES)
O fim dele é na cadeia.

CÉU (DEBORAH SECCO)
Tem que ficar rica ao lado de um cara milionário, que pegue ela de verdade. ‘Tô
pagaaaando’.

AUGUSTO CÉSAR (ZÉ MAYER)
Volta a cantar e faz sucesso.

Cláudia Ohana quer que Cida fique com Juca (Bento Ribeiro)

Cláudia Ohana contou, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, em São Paulo, qual o final que prefere para sua personagem em A Favorita, Cida. A atriz torce para que a caminhoneira termine com Juca (Bento Ribeiro), seu namorado.

"Tomara que eles fiquem juntos. Vai ter um conflito por ele usar drogas, mas torço para que dê certo", disse.

Para a Cláudia, outro factor que ajuda para que o relacionamento aconteça é a pressão da família da personagem. "A família quer que ela case. Filha solteira e caminhoneira é complicado."

Lara e Cassiano reatam namoro em  A Favorita

"É possível que eles voltem porque quando terminaram o namoro, Lara vivia um momento muito complicado em sua vida. O Cassiano só amou e se apaixonou por ela. Mas acho que ele não pode se iludir. Se não sentir segurança no sentimento dela, deve se afastar e não encontrá-la mais. Porque só distante é que você esquece o outro", opina Thiago Rodrigues, acrescentando que o relacionamento dos dois tem uma outra função na história.

"O romance entre eles tenta consertar a história de amor de Irene (Glória Menezes) e Copola (Tarcísio Meira)", explica o actor, referindo-se à paixão mal-resolvida que cerca os avós dos dois.

Mesmo sabendo que a relação entre Lara e Cassiano tem peso na trama, o actor não prefere tomar partido na disputa amorosa, que ainda envolve Alícia e Céu (Deborah Secco). "Já vi que não adianta o actor criar expectativa porque a gente quebra a cara", brinca.

Por isso, todas as fãs de Cassiano na trama ainda têm chances. "O sentimento que ele tem por Alícia é muito recente. Os dois ainda estão se apegando. Ela é muito divertida, brinca com a vida. Na sexta passada, gravei uma cena em que ela diz para ele: 'Agora vamos tentar outra roupa', e ele gosta disso", conta Thiago, sobre a iniciativa da jovem de dar um banho de loja no namorado para levá-lo a uma boate.

Com Céu, a relação é mais carnal. Mas desde o casamento da moça com Orlandinho (Iran Malfitano), o cantor optou pela discrição e por respeitar a relação do casal. "A Céu é daquelas mulheres que você não esquece. Ele é simples e se assusta quando ela vem naquela eloqüência. Ele gosta dela, mas acho que o tesão é o que mais pesa na relação. Ela poderia vir com a mesma sensualidade, mas de outra forma, mais mansinha", analisa o actor.

O autor de A Favorita já demonstrou interesse em explorar uma relação entre sua personagem e Catarina, mas até agora nada foi ao ar. Por quê?
Na verdade, não entrei na novela para fazer uma homossexual. A função da Stela é mexer na relação do Léo (Jackson Antunes) e da Catarina, mas o que já é certo é a relação de amizade entre as duas, que será cada vez mais forte. Existe a possibilidade de algo a mais, só que o João Emanuel não me adiantou nada. Mas vejo que o texto é conduzido para abrir essa possibilidade.

Você entrou na novela três meses depois da estreia e interpretando uma personagem sem muitas informações. Foi complicado?
É uma experiência diferente, até pela importância da personagem na história. Mas dei muita sorte porque caí em um núcleo que faz sucesso e é repleto de pessoas que admiro. Já trabalhei com a Lilia em Pedra Sobre Pedra e é maravilhoso atuar ao lado de alguém que a gente sabe que tem seriedade e que é profissional. Além dela, estou ali pertinho do Tarcísio (Meira), Chico Diaz, Jackson Antunes, são vários nomes de peso da emissora.

A Stela é dona de um restaurante e aparece cozinhando em vários momentos. Você precisou de uma preparação específica para esse papel?
Como eu não entrei no início da novela, não rolou nada específico. Geralmente, antes de gravar uma cena que envolva algo mais complexo na culinária, eu recebo o apoio de profissionais especializados que me ajudam. Mas tudo antes de gravar, nada muito exagerado. Até agora, tenho gostado muito do que vi.

A sexualidade da Stela ainda é incerta, mas o próprio texto indica esse amor platônico de sua personagem. Como você pretende trabalhar isso no ar caso a relação das duas evolua?
Será um casal como outro qualquer. Acho que o bacana é mostrar que não é nada de outro mundo. Assim como um homem e uma mulher que se amam, duas mulheres podem experimentar isso também. Tenho várias amigas que são gays e elas não são diferentes das outras mulheres. O que é inovador nessa história é a idade das personagens. É muito comum ver relações gays na TV entre jovens, mas não entre pessoas mais experientes. Tanto que eu trabalhei bem esse lado sério. Se acontecer em A Favorita, vai ser de uma forma madura, tranqüila.

De que forma você trabalhou essa seriedade na personagem?
Desde o início penso nisso. Antes de começarem as gravações, sugeriram um aplique para o meu cabelo. Aí fiquei pensando que não seria legal. Imaginei que poderia parecer meio gostosona, exuberante demais. Depois de algumas reflexões decidiu-se por esse corte mais clássico e simples mesmo. Isso me ajudou a, junto com os gestos e o texto da Stela, deixá-la com esse ar de seriedade. Acho que isso também aproxima ela da Catarina e ajuda a, de repente, aflorar esse sentimento entre elas.

A possibilidade de rejeição a uma personagem lésbica assusta você?
Não, eu seria doida se não torcesse por esse romance entre a Stela e a Catarina. Fiquei sabendo disso pela imprensa, mas adorei a possibilidade. Passei muito tempo esperando personagens mais densos. Hoje o que eu quero é ter história. Por mim, a Stela pode ser da máfia, louca e lésbica! Quanto mais conflitos, mais gratificante é o trabalho. Não gostaria que minha participação na novela se resumisse a uma mulher que chegou ali para abrir um restaurante e cozinhar bem.

Como são as reações do público em relação a isso?
Vejo muita gente torcendo para que a história se desenvolva. A trama da Catarina tem um apelo popular muito forte. Como a Stela está diretamente ligada à história, ouço muita gente revoltada sobre a forma como o Léo trata a mulher. Em nenhum momento ouvi algum comentário ruim sobre a aproximação das duas. A grande verdade é que não acho que o homossexualismo ainda seja um grande bicho de sete cabeças. A sociedade já avançou, hoje em dia as pessoas estão mais abertas para essa realidade.


17
Nov 08

Título da MatériaO amor de três mulheres pelo mesmo homem não acontece apenas quando o sujeito é um belo garanhão, que vive mentindo para todas e só se dá bem.

Em A Favorita, Cassiano é o típico humilde e bonzinho que está cada vez mais cercado de belas mulheres.

E a atracção vai além da química, pois as três o admiram de verdade. Bonito, inteligente e de família humilde, Cassiano é considerado um príncipe por Taís Araújo. Mas o que muita gente não entende é o porquê de o operário se atrair por mulheres aparentemente tão diferentes.

Apesar de, no momento, Cassiano estar com Alícia, o coração de Maria do Céu e de Lara ainda batem forte por ele. E será que ele ama mesmo as três ou está apenas querendo viver experiências novas?

Curioso para entender o porquê de o bonzinho da novela ter se atraído pela doce e radical Lara, pela auto-destrutiva e rebelde Alícia e pela atirada e dissimulada Maria do Céu? Confira abaixo o que o elenco pensa sobre isso!

Título da MatériaThiago Rodrigues
“O Cassiano só amou e se apaixonou por Lara. Agora ele está vivendo a vida dele e, como é um cara solteiro, está encontrando pessoas, mas não está depositando amor e nem paixão em nenhuma das mulheres que ele encontrou depois de Lara. Pode ser que as coisas mudem, porque, na vida, as fichas caem. Mas, por enquanto, ainda acredito que ele ame só a Lara. Ele está se divertindo. A Alícia é tão diferente do Cassiano quanto a Lara. Até mais, porque a Lara ainda tem uma essência mais simples. Alícia é mais excêntrica. A Céu é daquelas personagens que você não esquece. Ele é simples e se assusta quando a Céu vem naquela eloqüência. Ele gosta dela, mas acho que o tesão é o que mais pesa na relação. Ela poderia vir com a mesma sensualidade, mas de outra forma, mais mansinha”.

Título da MatériaMariana Ximenes
“É difícil dizer se elas têm semelhanças. A Alícia e a Céu têm atitude, mas a Lara também tem. Ela levou o namorado para o motel, por exemplo. Mas acho que elas são bastante diferentes e acho que essa diversidade pode ter atraído o Cassiano”.

Título da MatériaDeborah Secco
“Acho que elas não têm nada em comum. São mulheres completamente diferentes. Acho que a Lara foi a mulher por quem ele realmente se atraiu. A Céu foi atraída por ele e essa atracção chamou a atenção dele. A Alícia é um anti-sofrimento pelo que ele está passando, ao ver a Lara com o Halley. E uma forma de tentar sofrer menos. Mas em comum elas não têm nada. Têm até belezas diferentes.”

Título da MatériaTaís Araújo
“Acho que a Lara, a Céu e a Alícia têm em comum a carência. Apesar de ter sido cercada de amor, a Lara é carente. Tem a ausência da mãe, apesar de a Donatela ter suprido isso. Acho que a Lara se agarrou ao Cassiano por causa de todos os problemas da vida dela. Ela tem que se segurar em alguma coisa. É um pouco rebelde, por querer chamar atenção, enfrentar a família, se relacionando com um cara que é de um universo oposto. Isso para mim é carência e a Alícia é mais carente ainda. As três buscam um príncipe e o Cassiano é um príncipe. Acho que o ponto em comum é de elas se interessarem pelo Cassiano e não ele por elas. Ele é um príncipe, um herói romântico, todo certinho, de uma família certinha e com bons valores”.

Título da MatériaCauã Reymond
“Acho que elas têm semelhanças, porque são mulheres e homens se interessam por mulheres. E, em cada momento da vida, por mulheres diferentes que agradem. Acho que a diversidade atrai o homem como atrai a mulher. A Lara tem a ver com o Halley, não é? Quem sabe dizer isso é o João Emanuel e não eu (risos). Acho que cada uma tem a sua particularidade que é interessante. A Alícia e a Céu, foram ativas na procura pelo Cassiano e isso é uma semelhança entre as duas. Quando a novela começou, ele já estava com uma relação pré-estabelecida com a Lara, mas eu acho que a Lara também é ativa. Ela procura, investiga, quer saber, se emociona e se envolve. Acho que todos os personagens femininos do João são bem fortes e as três são mulheres diferentes. É complicado dizer se a Céu é imatura e a Lara não. Você conquista a maturidade depois de muitos anos. Não tem ninguém muito maduro dos 20 aos 30 anos. Ser maduro é o que? Ser certinho para a sociedade? Acho até engraçado a Céu estar casando com o Orlandinho dessa forma, por exemplo.”

DamiãoMalvino Salvador
“O Damião é até bonzinho, comparado com o Cassiano, que já ficou com três na novela (risos). Ele está passando por um momento de transformação. Quando as pessoas perdem algo muito importante na vida, passam por um momento em que exageram em tudo. Tem gente que cai nas drogas, que pega uma mulher atrás da outra, outros se reprimem... Como ele está nessa fase, está querendo fazer um pouco de bem para o coração dele. A Alícia é interessante e não existe um modelo de mulher formado. É a lei da natureza.”

Com que Cassiano deve ficar? Votem na enquete ao lado!


19
Set 08

Como no início da trama tudo girava em torno das protagonistas, o autor João Emanuel Carneiro avisou que, na segunda etapa da novela, iria desenvolver os outros núcleos. Muita coisa já está acontecendo e os atores estão animados. Veja o que eles esperam que aconteça daqui pra frente.

Tais Araújo
“Estou ansiosa para saber se vai ter uma reviravolta na vida de Alicia, mas temos que esperar o João Emanuel. É difícil porque as pessoas não entendiam muito bem o porquê da revolta dela com o pai. Acho que agora vai ficar bem claro que ele não vale nada, é um corrupto. Acho que cada vez mais o João vai aprofundar essa questão da política. Acho que o público não pode perder a novela porque não aconteceu nem metade.”

Thiago Rodrigues
“Não sei se Cassiano vai voltar a namorar a Lara. Eu não sei nem o que esperar do João, porque ele é um autor tão montanha-russa, que surpreende tanto a gente, que o negócio é fazer com verdade tudo o que ele mandar. É claro que a gente tem as nossas preferências, mas não vale a pena viajar muito nisso não. É melhor confiar nele e ir até o fim”.

Título da MatériaDeborah Secco
“Eu não sei o que esperar para Céu, mas com certeza o João está preparando muita coisa legal. Eu estou muito feliz! Fazer uma personagem com tantas possibilidades é muito bom. A Céu começou com um lado forte para o drama, e agora está caindo para comédia. Acho essa personagem muito rica. Eu fico contando os dias para receber os capítulos novos”.

Romildo RosaMilton Gonçalves
“O que vai acontecer com Romildo eu não sei, isso está na cabeça do autor, e podemos esperar de tudo (risos). Acho que a relação familiar do Romildo vai continuar ruim. Em novela, se você não ficar próximo do autor, você não tem nenhuma intuição do que vai acontecer. Mas acho que o Romildo vai ficar cada vez mais encrencado.”

[emmanuele+araujo.jpg]Emanuele Araújo
“Eu estou adorando a virada da personagem, a cada capítulo são novas vertentes, novas nuances de interpretação para a Manu. Ela é uma menina cheia de sonhos, que pensa sempre como pode se dar melhor, tem caráter duvidoso, cheia de revoltas, e que também gosta muito de se divertir”.

Christine Fernandes
“Não sei quais são os planos do João, mas eu gostaria que a Rita fosse um exemplo de integridade. O país está precisando de bons exemplos. Quem sabe, se ela entrasse para política e fosse uma semente boa dentro de um universo corrompido. No entanto, se ele a transformar numa mulher terrível, eu também vou adorar. Adoro vilã e, para uma actriz, é uma possibilidade muito rica para trabalhar. Mas vou ficar feliz com qualquer um dos desfechos para Rita!”

Iran Malfitano
“Este é o melhor momento na minha carreira até agora. O Orlandinho teria uma participação muito menor, mas o personagem foi crescendo, para a minha surpresa! Está sendo maravilhoso, estou muito empolgado. Tomara que ele continue nesse núcleo cômico com a Céu e o Halley, está muito divertido”.


15
Set 08

Patrícia Pillar viveu Flora em  A Favorita

A Favorita que actualmente está no ar pouco tem a ver com a novela que João Emanuel Carneiro estreou no início de junho, na Globo. Antes, as tramas paralelas eram opacas e várias situações pareciam pouco críveis no ar.

Mas agoram o autor faz uso de estratégias que já funcionaram em outras novelas do horário e mantém uma história ágil e com ingredientes capazes de prender a atenção. Como as vilanias da psicopata Flora, actuação de Patrícia Pillar, que são exploradas a todo o momento, e os dramas da agora mocinha Donatela, de Cláudia Raia.

Além disso, a movimentação de outros núcleos proporciona o alívio necessário à trama central e desempenha bem a função de evitar o desgaste da história. A audiência crescente reflete esse maior controle do autor sobre a trama e já alcança a média de 41 pontos no Ibope nacional em setembro. De cada 100 aparelhos de TV ligados no horário, 61 sintonizam A Favorita.

A obsessão de Flora em se tornar uma "nova" Donatela é um dos principais atrativos da novela. A ex-presidiária detesta o pai, chama a filha Lara, de Mariana Ximenes, de chata pelas costas e chega ao cúmulo de lamentar a suposta morte de Donatela, de Cláudia Raia, por não poder se vingar, aos poucos, da rival. Emoções bem defendidas por Patrícia, que consegue convencer em todas as atitudes da vilã.

Tudo que antes parecia não ter sentido, como o fato de Donatela morar com os ex-sogros mesmo sendo casada com outro homem ou a construção de Lara com ares de adolescente americana rebelde, pulando a janela da faculdade para fugir de seguranças, foi enterrado. Até o núcleo cômico principal, encabeçado por Halley e Orlandinho, de Cauã Reymond e Iran Malfitano, deixou um pouco de lado o tom pastelão e a superficialidade com a presença de Maria do Céu, interpretação de Deborah Secco digna de elogios. Depois de amargar críticas em América e Pé na Jaca, Deborah conseguiu construir bem uma retirante orgulhosa e com nuances na medida certa.

Investir em grandes vilãs vem dando certo na teledramaturgia nacional. Foi assim em Duas Caras, quando Sílvia, de Alinne Moraes, passou de "patricinha" metida a psicopata quase que de uma hora para outra. Ou em Celebridade, quando a vingativa Laura, de Cláudia Abreu, não media esforços para tomar tudo que era da promoter Maria Clara, de Malu Mader. Essa última história, inclusive, chega a se parecer com a descrita por João Emanuel. Assim como Gilberto Braga, João pretende explorar toda a vingança de Flora e, posteriormente, mostrar a queda da assassina e o triunfo da heroína Donatela. O problema é que Donatela já começou seu caminho de sofrimento e a actual situação da personagem já é digna de pena. Mocinhas que perdem sempre na TV tendem a se tornar cansativas.

A "favorita" não pode ser construída apenas de derrotas até o grande final. E, nesse aspecto, pode ser interessante a parceria dela com Pedro, de Genézio de Barros. Além disso, o autor já dá sinais de que Lara é uma das peças principais para o desfecho da trama.

Além das confusões amorosas com Halley e com o músico Cassiano, de Thiago Rodrigues, até agora é a única que parece enxergar Flora como "boazinha demais para ser verdade".

Donatela (Claudia Raia) foge do grupo que persegue Diva (Giulia Gam)Renato Rocha Miranda/TV Globo


11
Set 08

Deborah Secco, Cauã Reymond, Adriane Galisteu, Carol Castro, Entre outras celebridades, brilharam na comemoração para dois mil convidados no terraço Daslu, em São Paulo, que marcou os nove anos de sucesso da revista Isto É Gente.

"Ainda não acredito que estou na capa dessa revista", comemorava Deborah Secco, enquanto cruzava os lotados salões do Terraço Daslu, em São Paulo, na segunda- feira 25. "Essa festa é nossa!" Num curtíssimo vestido preto, Deborah Secco honrou o posto de mulher mais sexy de 2008 na festa que marcou o 9º aniversário de Gente. Ao chegar, deu um abraço no colega Cauã Reymond, eleito o homem mais sexy do ano. A atriz era uma das mais vibrantes da festa, que reuniu estrelas, socialites, trend-setters, modelos, estilistas, publicitários e empresários entre os dois mil convidados para celebrar os nove anos de sucesso da revista. A balada, que já estava animada, ferveu com o show da banda européia Double You.

Nem mesmo no elevador Deborah Secco escapou dos cliques. Todos queriam mais uma pose da estrela. A mulher mais sexy do ano estava radiante e não economizou nos olhares, sorrisos e cruzadas de pernas. A actriz só lamentou a ausência do namorado, o jogador de futebol, Roger Flores, que foi transferido para o Qatar. Mesmo longe, ele compartilhou o grande momento da actriz. "Ele adorou e falou que também acha que sou a mais sexy", contou Deborah.

publicado por Tititi às 17:42

07
Set 08

Os actores Cauã Reymond, que interpreta Halley, e Mariana Ximenes, que vive Lara na novela A Favorita, gravaram cenas românticas na manhã desta segunda-feira no Rio de Janeiro. As filmagens foram realizadas na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio. Na cena, Lara e Halley chegam juntos no carro dela. Ele desce e segue conversando com a moça pela janela, por onde ela sai e os dois se beijam. No mesmo bairro foram gravadas cenas do personagem Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia). Ele conversa com a filha (interpretada por Hanna Romanazzi) em um restaurante. No intervalo entre as cenas, Dalla Vecchia tirou fotos com fãs. Roberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto TeixeiraRoberto Teixeira

Os actores Cláudia Ohana, Iran Malfitano e Cauã Reymond gravaram cenas da novela “A favorita” nesta quarta-feira, 3, na Lapa, no Centro do Rio. A casa de show Circo Voador (onde Cauã foi clicado) foi usado como locação para o folhetim de João Emanuel Carneiro.Onofre Veras/Ag. News

Na pele de Dodi, o ator Murilo Benício gravou cenas da novela em que actua, "A favorita", nesta quarta-feira, 3, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O sol estava quentíssimo e muitas vezes Murilo não se sentiu confortável com o paletó de seu personagem da novela das 20h.Carlos Zambrotti/Ag NewsCarlos Zambrotti/Ag NewsCarlos Zambrotti/Ag. News

Na manhã desta segunda-feira, 1º, o cenário escolhido pela equipe da novela da TV Globo,  "A favorita", foi uma rua no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. Foi no tranqüilo bairro cercado pela Mata Atlântica que Flora (Patrícia Pillar), Dodi (Murílo Benício) e Zé Bob (Carmo Dalla Veccia) gravaram suas aventuras.Gil Rodrigues/Photo Rio News

Domingo é dia de descanso. Não para o ator Carmo Dalla Vecchia. Na tarde deste domingo, 31, de chuva do Rio de Janeiro, o ator trabalhou e muito. Carmo gravou no centro do Rio de Janeiro cenas de seu personagem Zé Bob em 'A favorita', novela das 20h da TV Globo.Onofre Veras/Ag NewsOnofre Veras/Ag NewsPaulo Teófilo/AgNews

Deborah Secco desfilou o minivestido de sua personagem nesta quarta-feira, 3, quando gravava cenas externas com seu par romântico em "A favorita", Thiago Rodrigues, em Jacarepaguá, no Rio. Ousada, a Maria do Céu, interpretada por ela na novela, vai aparecer com esta peça atrevida da foto nos próximos capítulos da trama. O modelito deixou as pernas torneadas da actriz à mostra.Carlos Zambrotti/Ag News

Como a história de "A Favorita" se passa em São Paulo, o bucólico bairro do Grajaú, no Rio, serviu de cenário para a novela das oito. Na manhã desta sexta-feira, 22,  Deborah Secco, Iran Malfitano e Cauã Reymond deram vida a Maria do Céu, Orlandinho e Halley. Para alegria do público que assistia aos bastidores da gravação, Cauã deu uma palhinha de seu corpão e, para consertar o santo microfone, exibiu a barriga tanquinho.Phillipe Lima/Ag. NewsPhillipe Lima/Ag. News

 


Após cortar os cabelos para marcar a nova fase na vida de Donatela, sua personagem em "A Favorita", Claudia Raia mudou novamente o visual para gravar cenas da novela na quinta-feira (4), no Recreio dos Bandeirantes, no Rio.

Desta vez, porém, a mudança não afetou diretamente os cabelos da mulher de Edson Celulari, que foi flagrada com uma peruca loira e de franjinha durante as cenas. Bem humorada, Claudia fez questão de registrar o "novo visual" ao lado da equipe de produção da novela.Delson SilvaDelson Silva


19
Ago 08

Cauã Reymond é Halley na novela  A Favorita

Cauã Reymond se emocionou neste domingo durante o quadro Arquivo Confidencial, no programa da TV Globo Domingão do Faustão.

O ator, que atualmente vive o personagem Halley na novela A Favorita, chorou ao falar de seu passado e de sua carreira e ao ouvir depoimentos de familiares e amigos.

A atriz Grazi Massafera, namorada de Cauã Reymond desde abril de 2007, brincou ao falar sobre a paixão de Reymond pelo surf.

"Não sentimos muito ciúmes, mas só tem uma coisa que me separa do Cauã: uma prancha", disse Grazi.

No decorrer do quadro, irmãos, pais e avôs falaram da vida pessoal e em família do ator, arrancando mais lágrimas de Reymond.

Marcelo Faria não será o único padrinho famoso no casamento de Juliana Paes e Carlos Eduardo, dia 9, no Itanhangá Golf Club, no Rio. Um amigo da noiva contou que Deborah Secco já foi convidada.

O convite foi entregue pessoalmente por Juliana, junto com uma lembrancinha: uma caixa em tecido amarelo com dois bem-casados feita pela designer Jeniffer Bresser, de São Paulo.

A festa para 400 pessoas terá 500 minibolos de doce de leite com coco e cinco mil docinhos.

publicado por Tititi às 19:48

05
Ago 08

De Marcio Magalhães Ribeiro
"Já era de se esperar pela grande cena do ator Nelson Xavier, tdo li estava perfeito até mesmo o exagero da intepretação de Debora Seco. Nota 1000 para o ator a cena e para a novela "A Favorita"."

De Antina
"Realmente a cena foi o máximo, super real o atropelamento e o Nelson Xavier dispensa comentários.
E pra completar a cena que passou ontem da filha dele, a Greice, correndo desesperado quando viu o corpo do pai, também foi emocionante e valeu uma nota 10 para a atriz!!!"

De Maria Cecilia Sa Peixoto
"Nelson esteve ótimo como Edivaldo. A cena do atropelamento foi um desfecho brilhante para uma performance irretocável. A notar a diferença de atuação entre as duas filhas de Edivaldo/Nelson, Céu/Secco e Greice/Roberta Gualda. Uma, a atriz inventada, que apenas performa, a outra, a absoluta entrega à personagem, o olhar que diz tudo, o grito visceral."

De Rodolfo Costa dos Santos
"A performance de Nelson Xavier foi incomparável! E o que dizer de Deborah Secco? Esteve simplesmente perfeita! Incrível como a atuação desses atores foi capaz de me prender durante toda a cena, tive até a impressão de estar ali, presente, degustando cada fala e emoção. Sensacional! "A favorita" é mesmo imbatível! Parabéns, Rede Globo!"

TV GLOBO / Renato Rocha Miranda

De LucianFreudrs
"Finalmente a audiência de a Favorita cresceu, em reconhecimento ao excelente trabaho da equipe. A audiência de Mutantes deve cair mais, pois a história se perdeu, e hoje é uma colcha de retalhos de refêrecias Pop, alías, seguindo a tendência da Record, um amalgamado de cópias de outros canais, principalmente a Globo.

De Rafael Teixeira
"Se a Flora for a vilã, a Donatela tinha motivos de sobra pra fazer oq fez. E as coisas que a Flora vem fazendo? Num contam não? Donatela TEM q ser a mocinha da novela,o contrário não teria graça."

De Rodolfo Costa dos Santos
"Já conhecia o trabalho do ator Fabrício Boliveira desde “Sinhá Moça”, quando este foi intérprete do personagem ‘Bastião’. Confesso que no início de “A Favorita” não achava o seu personagem (Diduzinho) capaz de convencer - o rapaz era submisso, sem personalidade frente ao pai (Romildo Rosa), interpretado pelo brilhante Milton Gonçalves. Porém, desde a sua desistência política e, conseqüente aproximação da personagem de Christine Fernandes (Rita), essa realidade parece ter mudado definitivamente. Gosto de ver quando ‘Diduzinho’ se impõe e demonstra ao pai que está verdadeiramente disposto a mudar. Fabrício Boliveira tem cedido ao seu personagem um frescor incomparável. Parabéns!"

De Maria José Bove
"O ator é excepcional... está fazendo com muito realismo.. as recaídas são normais, se isto vier a acontecer... E atuando do lado de Milton, Cristiane e Thais está fabuloso, a altura dos outros que são espetaculares...

De Lupebe
"Va em frente! Vc é um ator e tanto. E charmosissimo. Queria eu ter um Didu na minha vida. O autor deve aprofundar o romance com a Rita. Estao batendo um bolao. Parabens, Fabricio!"

De Jorge Luiz Carneiro de Araujo
"Merecidíssima a nota 10 para Roberta Gualda. Eu só pude assistir ao capítulo ontem e tanto a cena do atropelamento, como a interpretação da atriz foi sensacional. A seguência das cenas também foram belíssimas (me refiro a cena do enterro e a expulsão da Sol de casa). Aliás, que novela é essa?????????? A cada cena, um show de interpretações. Texto primorosos, imagens belíssimas, enquadramentos perfeitos e trilha sonora impecável. Todos os envolvidos estão de parabéns. E que venha a 2ª fase!!!!!!"

De André Henrique Lopes Martins
"É muito bom saber que o casamento de Átila (Chico Diaz) e Lorena (Gisele Fróes) será preservado. O sensível texto de João Emanuel Carneiro e a brilhante atuação dos atores fez dos personagens os mais carismáticos e próximos do público. São gente como a gente."

Cometários tirados de http://oglobo.globo.com/cultura/kogut/


15
Jul 08

Mariana Ximenes e Cauã Reymond gravaram cenas da novela global A Favorita no topo do prédio onde fica uma das antenas da TV Globo, na avenida Paulista, em São Paulo.

Na cena, Halley, personagem de Reymond, desafia Lara, papel de Mariana, a subir num prédio.

Halley foi contratado pelo avô da moça, Gonçalo (Mauro Mendonça), para se aproximar de Lara sem que ela saiba que ele é seu segurança.

Os dois criam uma amizade, que vira um romance depois que Cassiano (Thiago Mendonça) não resiste a Céu (Deborah Secco).


12
Jul 08

Os actores de "A Favorita" terminaram o dia de gravação no Projac nesta sexta-feira, 11, no Rio de Janeiro, e foram curtir um forró na festa julina organizada pelo elenco da novela, numa casa de eventos em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade. Claudia Raia , Patrícia Pillar , Deborah Secco e Carmo Dalla Vecchia compareceram a carácter, produzidos por uma das figurinista da própria novela.

Ao fim da festa, Claudia Raia revelou: “Na hora da entrega das faixas de "A favorita" e "O favorito", teve show da Flora e da Donatela brigando, uma loucura! Somos uma família! Até dançamos quadrilha”. Patrícia Pillar ganhou o título de “A favorita” e Thiago Rodrigues, que não estava presente, de “O favorito”.

Acompanhada da mãe, Odette Raia, Claudia bolou o vestido usado pela noiva caipira, papel que coube ao camareiro Ângelo. O noivo, Ângela - diretora de arte - atrasou-se para o casório. Patrícia Pillar passou correndo com Ciro Gomes pelos fotógrafos. Já Deborah Secco, acompanhada de Joana Balaguer, se deixou fotografar, mas não quis dar entrevista: "A gente merece descansar", disse.
O actor que faz o jornalista Zé Bob em "A Favorita" levou uma câmera fotográfica. "Vou fazer uma matéria", justificou. Muito simpático, Carmo Della Vecchia foi um dos poucos que parou para falar com os repórteres e brincou com as atracções típicas da festa. "Vai ter pau-de-sebo?", perguntou, divertido.

A intérprete de Donatela era a mais animada e fez questão de dar palpite em todos os detalhes do Arraial. “Queriam que eu fosse a noiva e o Carmo o noivo, mas não teria graça, tinha que ser alguém da equipe. Então elegi o Ângelo Vieira, camareiro, para bancar a noiva. Sou do interior de São Paulo, adoro festa junina, principalmente se tiver suco de milho e pamonha”, explicou Cláudia, que chegou vestida de homem ao lado da mãe, Odette.

A última a chegar foi Taís Araújo com o namorado, mas não se vestiu de caipira. "Estava num jantar de família. Comprei até um vestido, mas se fosse em casa me arrumar, chegaria mais tarde ainda".

Muitos outros actores foram à festa:

Helena Ranaldi contou que estava viajando e não teve tempo de procurar um figurino adequado. “Não tive tempo para me produzir, mas acho muito bacana. Este tipo de festa é uma representação do Brasil”, declarou.

Miguel Rômulo brincava sobre o look camisa e chapéu pretos, escolhido por ele: “Quero parecer um vaqueiro rico!”. Ary Fontoura fez as vezes de padre e celebrou o casamento de Ângelo, ou Angélica, como os amigos chamavam o colega, e Ângela Nelma, produtora de arte da novela, que bancou o noivo.
Bem-humorada, Mariana Ximenes entregou quem comandou o arraial. “Estou de caipira fashion. Pensei nesta roupa inspirada pela criatividade da Claudia Raia. A minha mãe é o máximo! Foi ela quem pensou a roupa de todo mundo!”, explicou Mariana.

Malvino Salvador era um dos mais empolgados. “Na minha infância festa junina era uma coisa muito importante. Em Mauá todas as famílias se conheciam. A gente assava um porco inteiro! Tinha até pato no tucupi. Fiz amigos de vida inteira”, relembrou.

Carmo Dalla Vecchia com a câmera para dar uma de Zé BobMarcio NunesMarcio NunesMarcio NunesMarcio NunesMarcio Nunes

 

Mário Gomes levou a família, mas também saiu cedo. “Não sabia nem se vinha porque tenho muito texto para decorar e o ideal é ficar em casa concentrado, mas é uma festa dos meus colegas, então vou ficar um pouquinho”.


Músicas


pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O elenco
Visitas
Enquete
Resultado da 1ª enquete: Quem está falando a verdade? Donatela 66% | Flora 34% | 228 votos Resultado da 2ª enquete: Halley ama Lara de verdade? Sim 50% | Não 22% | Nem ele sabe 28% | 208 votos Resultados da 3ª enquete: Com quem Cassiano deve ficar? Alícia 40% | Lara 38% | Céu 27% | 244 votos Resultados da 4ª enquete: Qual dos vilões deve morrer? Flora 51% | Os três 21% | Dodi 18% | Silveirinha 10% | 312 votos Resultados da 5ª enquete: Catarina fica com... Vanderlei 43% | Stela 41% | Sozinha 15% | Leo 1% | 130 votos
Links



That's So Raven Blogando! Assece Já!
blogs SAPO